Alunos Online


Tecido muscular

Por: Mariana Araguaia Tecido muscular liso, estriado cardíaco e estriado esquelético, respectivamente.

Tecido muscular liso, estriado cardíaco e estriado esquelético, respectivamente.

Músculos são formados por fibras musculares: células de tamanho alongado e que podem apresentar um ou mais núcleos. São responsáveis por cerca de metade da massa corporal de um indivíduo comum e podem ser lisos ou estriados. Esses últimos são do tipo cardíaco ou esquelético.

O tecido muscular liso é formado por células que contêm apenas um núcleo e possui capacidade de se contrair de forma involuntária, independentemente de nossa vontade. Está presente nos vasos sanguíneos e órgãos como o útero e tubo digestório e, desta forma, permite que o fluxo de sangue seja regulado, auxilia o parto normal ao contrair o útero, propicia o peristaltismo, dentre outros.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O tecido muscular estriado cardíaco, como o nome sugere, possui estrias e está presente apenas no coração. Como era de se esperar, também possui contração involuntária – rítmica e rápida. Suas células são longas, ramificadas, apresentam um ou dois núcleos centrais e estão unidas pelos chamados discos intercalares (seta).

Finalmente, o tecido muscular estriado esquelético: composto por células com vários núcleos. Unido ao esqueleto, auxilia na locomoção e outros movimentos do corpo. Diferentemente dos outros dois, o tecido esquelético é de ação voluntária. Está presente na face, abdome, globo ocular, membros, dentre outros locais.

 

Aproveite para conferir nossas videoaulas relacionadas ao assunto: