Teste de gravidez

O teste de gravidez possibilita identificar a presença de hCG, um hormônio produzido durante a gestação.

Por Vanessa Sardinha dos Santos
A gravidez pode ser determinada através de exames que analisam a presença de beta-hCG
A gravidez pode ser determinada através de exames que analisam a presença de beta-hCG
PUBLICIDADE

A gravidez é um momento mágico e sonhado por várias mulheres, entretanto, algumas vezes, pode ocorrer de maneira inesperada, despertando vários sentimentos negativos na mulher. A dúvida a respeito se o sonho foi realizado ou então algo fora dos planos aconteceu é confirmada através de testes de gravidez.

De uma maneira geral, podemos classificar os testes de gravidez em dois grandes grupos: os de sangue e o de farmácia (urina). Ambos apresentam grande eficácia e baseiam-se na presença do hormônio gonadotropina coriônica humana (hCG) para a confirmação ou não de uma gestação.

O hormônio hCG é produzido pela placenta durante a gravidez e apresenta como função principal estimular a produção de progesterona pelo corpo lúteo, que é responsável pela manutenção do endométrio. Esse hormônio é composto por duas subunidades: a alfa e a beta. Essa última garante especificidade à molécula e, portanto, é a analisada nos exames.

Os testes que determinam o beta-hCG na urina, conhecidos como testes de farmácia, normalmente são realizados por pessoas que desejam resultados mais rápidos. A eficácia do teste é alta, entretanto, é necessário observar com cuidado todas as indicações contidas na bula para que a interpretação seja correta. Eles não realizam a dosagem do hormônio, por isso não são usados para determinar o tempo de gestação, indicando apenas que a mulher está produzindo o hCG. Sendo assim, existe a necessidade da realização posterior do exame de sangue.

O teste de farmácia é feito por meio da urina da mulher
O teste de farmácia é feito por meio da urina da mulher

O teste de gravidez em que se determina o hCG no sangue é mais sensível que o de farmácia, podendo indicar uma gravidez antes mesmo do atraso menstrual, uma vez que consegue perceber a presença de baixas doses hormonais. Recomenda-se que o exame de farmácia só seja realizado após o primeiro dia de atraso na menstruação para que os níveis de hCG estejam elevados e não ocorram falsos negativos.

Diferentemente dos exames de farmácia, os exames de sangue permitem uma dosagem do beta-hCG, possibilitando, portanto, um acompanhamento do tempo e evolução da gestação, além de ajudarem a verificar a eficiência dos tratamentos contra a Doença Trofoblástica Gestacional.

Veja a seguir os valores de beta-hCG no soro de uma pessoa com uma gestação normal e a respectiva idade gestacional. É importante ressaltar que esses valores podem sofrer pequenas variações de uma mulher para outra.

Caso o resultado de qualquer um dos testes de gravidez dê negativo e a mulher continuar sentindo sintomas de uma gestação, deve-se realizar outro exame após dois dias. Essa recomendação é feita porque no início de uma gestação os valores de beta-hCG dobram a cada 48 até 72 horas.

Atenção: Exames positivos de hCG fora da gravidez podem ser indicativos de tumores.

DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Fibromialgia
Conheça a síndrome que causa diversas dores no corpo.

..................................................

O que é cultura?
Afinal, você sabe definir o que é cultura de forma correta?

..................................................