Alunos Online


Testosterona

A testosterona é um hormônio esteroide, produzido no homem principalmente no testículo, que apresenta ação no desenvolvimento de caracteres sexuais secundários.

Por: Vanessa Sardinha dos Santos A testosterona relaciona-se com o aumento dos músculos

A testosterona relaciona-se com o aumento dos músculos

A testosterona é um importante hormônio esteroide que apresenta diversas funções, entre as quais podemos destacar o desenvolvimento das características sexuais secundárias masculinas. O principal local de síntese desse hormônio, no corpo do homem, é o testículo.

Secreção da testosterona

A testosterona é secretada principalmente por células presentes no testículo, denominadas de células de Leydig, a partir de uma molécula de colesterol. Nesse local, ocorre a secreção diária de cerca de 10 mg de testosterona, regulada, primariamente, pelo hormônio luteinizante. Entretanto, esse importante hormônio não é produzido apenas no testículo, verifica-se ainda a produção nas glândulas suprarrenais e a conversão periférica de androstenediona.

Funções da testosterona

A testosterona apresenta diferentes funções no organismo. Nos seres humanos, ela atua inicialmente antes do nascimento, promovendo o desenvolvimento dos caracteres sexuais primários (estruturas reprodutivas). Esse hormônio terá um papel fundamental na puberdade e está, nesse período, relacionado com os caracteres sexuais secundários. Além dessas funções, podemos destacar a ação da testosterona nas seguintes situações:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Função sexual;

  • Produção de espermatozoides;

  • Humor;

  • Aumento da massa muscular, devido ao aumento de fibras musculares;

  • Aumento da densidade óssea;

  • Eritropoiese (produção das hemácias);

  • Função imunológica;

  • Diminuição de placas ateroscleróticas na aorta.

Percebe-se, portanto, que a testosterona apresenta ação em vários aspectos da saúde do homem. Vale salientar que, como os níveis hormonais decaem com o avanço da idade, homens idosos têm uma redução na saúde de uma maneira geral, com queda da qualidade sexual e alterações metabólicas.

ATENÇÃO: Na mulher, há também a produção de testosterona nos ovários e nas glândulas suprarrenais. Estima-se que os níveis de testosterona sejam cerca de dez vezes maiores em homens que em mulheres.

Leia também: Anabolizante esteroide