Alunos Online


12 de Junho - Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados é comemorado anualmente no Brasil todo 12 de junho, mas a origem da data remonta a 14 de fevereiro e à vida de um santo católico chamado São Valentim.

Por: Daniel Neves Silva O Dia dos Namorados é comemorado no Brasil em 12 de junho

O Dia dos Namorados é comemorado no Brasil em 12 de junho

O dia 12 de junho é uma data especial para muitas pessoas no Brasil, pois nesse dia comemora-se anualmente o Dia dos Namorados. Essa data é importante para o comércio, que vê suas vendas crescerem consideravelmente à medida que esse dia se aproxima. Em grande parte do mundo, o Dia dos Namorados é comemorado em 14 de fevereiro, mas aqui no Brasil, por questões comerciais, a comemoração ocorre em outro dia.


Como surgiu o Dia dos Namorados?

O surgimento dessa comemoração remete à vida e à morte de São Valentim, um padre que viveu no Império Romano durante o século III d.C.

São Valentim é atualmente o santo patrono do amor e ficou famoso por suas ações durante o reinado de Cláudio II, imperador do Império Romano no período de 268 a 270 d.C. Durante o seu reinado, Cláudio II havia proibido a realização de casamentos, pois alegava que a instituição do casamento atrapalhava os interesses do Império, pois prejudicava a convocação de novos soldados, além de servir de distração para aqueles que já haviam sido convocados.

Mesmo com essa ordem proibitiva, Valentim continuou realizando de maneira clandestina casamentos de casais cristãos. O imperador acabou descobrindo que Valentim realizava os casamentos de maneira secreta e mandou aprisioná-lo em 269. Durante a prisão, o imperador ofereceu perdão para Valentim, mas só se ele apostatasse (renegasse) sua fé.

O imperador queria que Valentim se convertesse à religião tradicional do Império Romano, mas ele se negou. Assim, Cláudio II ordenou a morte de Valentim, que foi apedrejado e decapitado no dia 14 de fevereiro de 270. Após a morte de Valentim, relata-se que algumas pessoas passaram a celebrar a sua vida e ações.

Tempos depois, Valentim foi canonizado e, assim, tornou-se um santo da Igreja Católica. O papa que canonizou Valentim foi Gelásio I (papa entre 492 e 496) e o fez por causa dos relatos de supostos milagres que aconteceram por obras de Valentim e por conta de suas ações na defesa dos cristãos (perseguidos na época) e dos casais que queriam casar-se.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Com a canonização, também foi criada uma festa anual em homenagem à vida de São Valentim no dia 14 de fevereiro. Com o passar do tempo, a comemoração a São Valentim na data citada foi evoluindo de maneira a tornar-se uma comemoração em homenagem ao amor de um casal de namorados a partir do século XVIII.

Leia também: Enamorados do Neolítico

Mas a festa em homenagem a São Valentim cumpria outro propósito para a Igreja. Naquela época, celebrava-se na época da festa de São Valentim um famoso festival romano conhecido como Lupercália. Esse festival de origem pagã havia surgido em Roma durante a fundação da cidade e nele celebrava-se a fertilidade. A intenção da Igreja em estabelecer a comemoração de São Valentim no dia 14 de fevereiro era tentar substituir em importância a festividade pagã.

Atualmente o Dia dos Namorados é comemorado no dia 14 de fevereiro em muitos locais da Europa e da América Latina. Nos Estados Unidos, a data é conhecida como Valentine’s Day (Dia de São Valentim), o que evidencia a influência da história do santo católico na instituição da data comemorativa.


Dia dos Namorados no Brasil

Aqui no Brasil a data em que se comemora o Dia dos Namorados não é a mesma de grande parte do mundo. A data para isso em nosso país é o dia 12 de junho e é assim desde a década de 1940. A comemoração em 12 de junho foi obra de uma peça publicitária de João Dória.

João Dória era um publicitário que havia sido contratado por uma empresa com o objetivo de aumentar as vendas que tradicionalmente eram baixas no mês de junho. Para reverter isso, optou por criar uma data comemorativa em junho e, aproveitando-se do fato de que 13 de junho é dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro, estipulou o Dia dos Namorados para o dia anterior (12).

A peça publicitária criada por João Dória foi um sucesso e tornou o Dia dos Namorados uma das maiores datas comemorativas do Brasil, gerando empregos e movimentando muito dinheiro na economia do país.