Alunos Online


Alavancas

As alavancas são máquinas simples utilizadas para multiplicar a força aplicada sobre um objeto. Elas podem ser classificadas em interfixa, inter-resistente e interpotente.

As alavancas são um tipo de máquinas simples utilizadas para multiplicar a força aplicada sobre um objeto. São constituídas por uma barra rígida que pode girar sobre um ponto de apoio. O princípio de funcionamento das alavancas foi definido por Arquimedes no século III a.C., originando a famosa frase:

Deem-me uma alavanca e um ponto de apoio e eu deslocarei o mundo.”

Com essa frase, Arquimedes referia-se à capacidade que as alavancas têm de multiplicar a força aplicada, possibilitando que um pequeno esforço possa mover grandes objetos. Observe na figura a seguir como é a composição de uma alavanca:

Composição de uma alavanca
Composição de uma alavanca

Na alavanca da figura, podemos destacar algumas definições importantes:

  • P.A. Ponto de apoio – ponto fixo, ao redor do qual a alavanca pode girar;

  • F.R. Força resistente – peso do objeto que se pretende movimentar;

  • F.P. Força potente – Força exercida com o objetivo de mover o objeto;

  • d1 – Braço de alavanca da força potente;

  • d2 – Braço de alavanca da força resistente.

Quando a alavanca está em equilíbrio, a relação entre as grandezas definidas acima é dada pela expressão:

Fr . d1 = Fp . d2

Tipos de alavanca

Dependendo da localização do ponto de apoio, da força resistente e da força potente, podemos classificar as alavancas em três tipos:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Alavanca interfixa: quando o ponto de apoio estiver situado entre a força potente e a força resistente. Um exemplo desse tipo de alavanca é a tesoura. Observe a figura:

    Na barra da figura, o ponto de apoio está entre a força potente e a força resistente, portanto, é uma alavanca interfixa
    Na barra da figura, o ponto de apoio está entre a força potente e a força resistente, portanto, é uma alavanca interfixa

  • Alavanca inter-resistente: Quando a força resistente está localizada entre o ponto de apoio e a força potente. Exemplos: o carrinho de mão e o quebra-nozes. Veja a ilustração a seguir:

Na alavanca inter-resistente, a força resistente está entre a força potente e o ponto de apoio
Na alavanca inter-resistente, a força resistente está entre a força potente e o ponto de apoio

  • Alavanca interpotente: quando a força potente está localizada entre o ponto de apoio e a força resistente. É o que podemos observar nas pinças e nos cortadores de unha. Observe na figura o esquema de forças em uma alavanca interpotente:

A força potente localiza-se entre a força resistente e o ponto de apoio, caracterizando a alavanca interpotente
A força potente localiza-se entre a força resistente e o ponto de apoio, caracterizando a alavanca interpotente

A pinça é um exemplo de alavanca interpotente

A pinça é um exemplo de alavanca interpotente

Por: Mariane Mendes Teixeira