Alunos Online


Cinco curiosidades sobre o Sistema Solar

O Sistema Solar é composto por oito planetas, que orbitam em torno do Sol. Apresentamos algumas curiosidades sobre esse sistema.

O Sistema Solar é o nosso endereço cósmico. Está localizado no braço de Órion, um dos braços da Via Láctea, é composto por oito planetas ao todo (Plutão é considerado um planeta anão). Está distante 27.000 anos-luz em relação ao centro da nossa galáxia e orbita-o a uma velocidade de 220 km/s.


1. Forma do Sistema Solar

Diferentemente do que muitos pensam, a órbita dos planetas em torno do Sol não é circular, mas elíptica, ou seja, os planetas apresentam uma pequena excentricidade. O primeiro cientista a descobrir isso foi o físico e matemático alemão Johannes Kepler (1571-1630), por volta de 1605. A excentricidade das órbitas causa uma mudança na intensidade da energia solar recebida pela Terra de cerca de 6% entre a posição mais próxima ao Sol (periélio) e a mais distante (afélio). Além disso, as órbitas dos planetas não estão contidas no mesmo plano (eclíptica), como são comumente retratadas.

Veja também: Cinco curiosidades esclarecedoras sobre a luz


2. Júpiter e a maior tempestade do Sistema Solar

Júpiter é o quinto planeta em órbita em relação ao Sol, é também o mais massivo e o quarto objeto mais brilhante do Sistema Solar. Contém cerca de 2,5 vezes a massa de todos os outros planetas vizinhos combinados. É um planeta gasoso, cuja atmosfera é composta basicamente por Hidrogênio e Hélio, apresentando traços de metano, amônia, vapor de água, entre outros.

A temperatura média do planeta é baixa, cerca de -148 ºC, o que origina cristais de amônia nas porções mais altas de sua atmosfera. Além disso, o gigante gasoso tem uma rotação muito rápida, completando uma volta em torno do seu próprio eixo a cada 9 horas e 55 minutos.

A atmosfera de Júpiter é bastante turbulenta e apresenta uma característica marcante: a Grande Mancha Vermelha. Essa mancha é, na verdade, a maior tempestade do Sistema Solar e existe há pelo menos 350 anos. Seu diâmetro é aproximadamente três vezes maior que a Terra. A grande tempestade estende-se a 8 km de altura em relação às nuvens circundantes, e seus ventos atingem até 680 km/h.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Júpiter é o quinto planeta em órbita em relação ao Sol


3. O planeta mais quente do Sistema Solar

Apesar de não ser o planeta mais próximo do Sol, Vênus é ainda mais quente que Mercúrio (o mais próximo). Enquanto a temperatura de Mercúrio varia entre -173 ºC e 427 ºC, a superfície de Vênus pode atingir 462 ºC. Apesar da menor incidência de luz solar, a atmosfera de Vênus é composta pelos gases responsáveis pelo efeito estufa na Terra, como o dióxido de carbono. Além disso, em Vênus, não existem variações sazonais em sua temperatura, como ocorre na Terra com as estações do ano. Sua rotação é muito lenta: o planeta leva 243 dias terrestres para completar uma volta em torno de seu próprio eixo. Um ano em Vênus dura em torno de 225 dias terrestres.

Veja também: Cinco curiosidades sobre o calor


4. Planeta sem atmosfera

Mercúrio apresenta aproximadamente 38% da gravidade terrestre. Sua baixa aceleração gravitacional, combinada aos ventos solares, foi responsável por varrer completamente a atmosfera do pequeno planeta. A ausência da atmosfera em Mercúrio gera uma diferença de temperatura de até 600 ºC entre o dia e a noite. O planeta foi batizado pelos romanos com o nome do mensageiro dos deuses por se mover mais rápido que qualquer outro planeta do Sistema Solar. Ele completa uma volta em torno do Sol em 88 dias.


5. O Sistema Solar é maior do que você pensa

É comum associarmos o sistema solar exclusivamente aos planetas que o compõem até Plutão. No entanto, o seu tamanho é cerca de 1000 vezes maior que a órbita desse planeta-anão, já que existem diversos corpos orbitando o Sol para muito além de Plutão - chamados de objetos transnetunianos (para além de Netuno), sendo o próprio planeta-anão um deles. Suas distâncias chegam a 150 UA em relação ao Sol, ou seja, 150 vezes a distância Terra-Sol.

Representação artística do Sistema Solar

Representação artística do Sistema Solar

Por: Rafael Helerbrock