Alunos Online


Diferença entre monofásico, bifásico e trifásico

Os sistemas mono, bi e trifásicos são utilizados de acordo com a potência elétrica total de todos os equipamentos ligados à rede.

A distribuição da energia elétrica é feita de acordo com a necessidade de cada estabelecimento residencial, comercial ou industrial. Antes de ser utilizada, a energia elétrica fornecida pelas concessionárias passa por transformadores instalados em postes. Esses equipamentos podem ser mono, bi ou trifásicos.

Rede monofásica

Quando o transformador é monofásico, a ligação entre ele e o local abastecido pela energia elétrica é feita apenas com dois fios: uma fase e um neutro. Esse tipo de instalação proporciona tensões elétricas máximas de 127 V e só é utilizado quando a potência máxima de todos os equipamentos residenciais chega a 8000 watts.

Rede bifásica

A rede bifásica é utilizada somente na zona rural. A ligação entre o local abastecido pela energia elétrica e o transformador é feita com três fios: duas fases e um neutro. Esse tipo de instalação proporciona tensões elétricas de 127 V e 220 V e pode ser utilizado quando a potência total dos equipamentos ligados à rede vai de 12000 watts até 25000 watts.

Ela não é utilizada em zonas urbanas porque a tendência dos moradores dessas regiões é a de possuir um maior número de equipamentos elétricos, o que gera a necessidade da utilização de sistemas diferentes. Para residências, quando a soma das potências dos equipamentos ultrapassa 8000 watts, a ligação mais indicada é a trifásica.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Rede trifásica

O fornecimento trifásico, utilizado nas regiões urbanas e por indústrias, é a ligação feita por quatro fios: três fases e um neutro. As tensões elétricas proporcionadas são de 127 V ou 220 V, e a soma das potências de todos os equipamentos ligados à rede pode ser de 25000 watts até 75000 watts.

Vantagens da rede trifásica

  • Evita quedas inoportunas de energia quando diversos equipamentos estão ligados ao mesmo tempo;

  • A potência total nunca é nula, pois sempre existe fornecimento de energia para os equipamentos;

  • Motores trifásicos são menores que seus correspondentes monofásicos de mesma potência;

  • Sistemas trifásicos precisam de menores quantidades de cobre e alumínio para oferecer a mesma potência que um sistema monofásico equivalente.

As instalações de energia podem ser mono, bi ou trifásicas de acordo com a necessidade de cada consumidor

As instalações de energia podem ser mono, bi ou trifásicas de acordo com a necessidade de cada consumidor

Por: Joab Silas da Silva Júnior