Empuxo

A força vertical direcionada para cima, estudada por Arquimedes, denomina-se empuxo. Objetos que estão imersos em líquidos ou gases estão sujeitos à força de empuxo.

Por Domiciano Correa Marques da Silva
A garrafa flutua graças ao empuxo
A garrafa flutua graças ao empuxo
PUBLICIDADE

É fácil perceber que quando nadamos ou mergulhamos sentimos o nosso corpo mais leve que o normal. A sensação de corpo mais leve também pode ser percebida quando pegamos um objeto “pesado” fora da água, e quando o pegamos dentro d’água percebemos que ele fica mais leve. Mas por que isso ocorre?

De fato isso ocorre porque a água exerce, no nosso corpo e também em todos os objetos, uma força vertical e para cima.

A essa força vertical e direcionada para cima damos o nome de Empuxo, que foi estudado por Arquimedes de Siracusa. Podemos então definir o empuxo da seguinte maneira:

Os objetos que estão imersos em todos os fluidos, sejam líquidos ou gases, estão sujeitos à força de empuxo.

Nos gases, a força de empuxo é mais significativa quando o objeto apresenta densidade baixa, ou seja, bem próxima à densidade do ar atmosférico.

A figura abaixo mostra um recipiente contendo um líquido em equilíbrio. Dentro desse recipiente há um corpo de forma cilíndrica.

Como o corpo está em equilíbrio, as forças atuantes, empuxo (E) e peso (P), também se encontram equilibradas. Portanto, a intensidade da força de empuxo aplicada por um fluido num objeto é igual à intensidade da força peso correspondente ao volume do líquido deslocado.

E = PLíquido deslocado

Como µ = m,             temos,    m = µ.V
               V
Logo:

E = PLíquido deslocado
E = mLíquido . g
E = µ .V. g

DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Divisão binária
Por que a divisão binária é um tipo de reprodução assexuada?

..................................................

Tritongo
Você sabe identificar esse tipo de encontro vocálico?

..................................................