Alunos Online


Espectro solar

O espectro solar está relacionado com as ondas eletromagnéticas produzidas pelo Sol.

Por: Rafael Helerbrock Apesar de ser representado na cor laranja ou em tons avermelhados, o Sol, quando visto de fora da Terra, é branco.

Apesar de ser representado na cor laranja ou em tons avermelhados, o Sol, quando visto de fora da Terra, é branco.

O espectro solar é o conjunto de todas as frequências das ondas eletromagnéticas emitidas pelo Sol. Nosso Sol é a estrela mais próxima da Terra e é responsável por fornecer toda a energia que o planeta precisa para a manutenção da vida terrestre. Ao todo são cerca de 1400 Watts por metro quadrado ao nível do mar. O Sol também é o corpo celeste mais visível a partir da Terra em virtude de sua proximidade e brilho.

Classificação espectral do Sol

O Sol é categorizado como uma estrela anã amarela em virtude da classificação espectral, que se baseia em algumas características, tais como a temperatura de sua superfície (cerca de 5780 K) e luminosidade. Esse nome, todavia, não está relacionado à cor, uma vez que o Sol é capaz de produzir todos os comprimentos de onda da radiação visível em virtude das reações de fusão nuclear que ocorrem em seu núcleo. Dessa forma, quando visto de fora da Terra, sua coloração é branca.

O processo de emissão de luz realizado pelo Sol é o de irradiação térmica. Esse tipo de emissão surge em decorrência de altíssimas temperaturas sem qualquer dependência da substância do emissor: toda a luz é produzida nesse processo por efeitos estritamente térmicos.

A maior parte das ondas eletromagnéticas produzidas pelo Sol encontra-se no intervalo da radiação infravermelha – cerca de 50%. Os outros 50% restantes são 40% de luz visível e cerca de 10% de radiação ultravioleta, respectivamente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assim como outras estrelas, o Sol também é capaz de absorver praticamente toda a luz incidente sobre ele, dessa forma, sua emissão de ondas eletromagnéticas é bastante similar à emissão de corpo negro. Foi isso que possibilitou as primeiras estimativas da temperatura do Sol.

Efeitos da radiação solar sobre o planeta Terra

Enquanto uma boa parte (por volta de 70%) da radiação ultravioleta incidente na Terra é refletida e absorvida nas camadas mais altas da atmosfera pelas moléculas de Ozônio (O3) e Oxigênio (O2), cerca de 70% de toda a luz visível consegue chegar até o nível do mar. A radiação infravermelha, por sua vez, a maior responsável pelo aumento da temperatura global, é absorvida pelo vapor de água, ozônio e pelo dióxido de carbono (CO2), sendo esse último um dos gases responsáveis pelo efeito estufa. O pico de intensidade de emissão da luz visível produzida pelo sol fica entre o verde e o azul, isto é, a maior intensidade de radiação visível encontra-se na faixa dos 500 nm de comprimento de onda (500.10-9 m).

Dessa forma, caso a temperatura da superfície do Sol fosse ligeiramente diferente, todo o sensível equilíbrio entre a reflexão e a transmissão de sua irradiação térmica pela atmosfera terrestre seria alterado, afetando diretamente todas as formas de vida na Terra.