Alunos Online


Gráfico da dilatação linear

Por: Domiciano Correa Marques da Silva Com o aumento da temperatura, os trilhos de ferro sofrem um aumento em seu comprimento

Com o aumento da temperatura, os trilhos de ferro sofrem um aumento em seu comprimento

Quando alteramos a temperatura de um corpo qualquer, suas propriedades físicas tendem também a sofrer alteração. Portanto, em nossos estudos vimos que o aumento na temperatura de um corpo faz com que as dimensões desse corpo aumentem, pois a agitação térmica também aumenta. Esse fenômeno é conhecido como dilatação térmica.

Na dilatação térmica, quando estamos interessados em analisar somente a variação de uma única dimensão, estamos na verdade fazendo um estudo sobre a dilatação linear. Por exemplo, suponha que você tenha duas barras metálicas do mesmo material e de mesmo tamanho. Caso você aqueça as barras com quantidades de calor diferentes, verá que a dilatação será proporcional à variação da temperatura. Isso implica que o comprimento das barras também será proporcional ao aumento na temperatura.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Podemos perceber facilmente, através da expressão da dilatação linear,

l=l0.(1+α.?θ)

que o comprimento l se trata de uma função do primeiro grau na variável Δθ. Portanto, podemos deduzir que o gráfico que representa a dilatação linear será uma reta crescente.

Diagrama do comprimento em função da variação da temperatura

De:

?l = α.l0.?θ

Vem:

Logo, temos:

tgφ = α.l0

Portanto, podemos dizer que a tangente de φ é numericamente igual ao produto α.lo.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto: