Alunos Online


Massa e peso

Os conceitos de massa e peso são comumente confundidos, é importante conhecer as diferenças que envolvem essas duas grandezas.

Por: Paulo Soares da Silva A balança mede nossa massa, não nosso peso

A balança mede nossa massa, não nosso peso

Dois conceitos de grande importância para o estudo da física são os de massa e de peso, especialmente para o estudo da mecânica, tendo em vista que essa parte da física é dominada pelas leis de Newton, e essas leis definem a grandeza “força” como sendo uma interação entre corpos que pode provocar variações nas suas quantidades de movimento, sendo essas variações proporcionais à força aplicada, e a constante de proporcionalidade é justamente a massa. Por esse motivo, o estudo da massa e do peso deve receber atenção.

É muito comum as pessoas usarem as palavras massa e peso como se fossem sinônimos, essa prática equivocada contribui imensamente para que se perpetue a confusão gerada em cima desses dois conceitos. Quando utilizamos a balança em uma farmácia, por exemplo, não estamos nos pesando como costumeiramente falamos, na verdade estamos medindo a nossa massa. A massa é a medida da inércia de um corpo, quanto maior a massa maior será a dificuldade de produzir uma variação na sua quantidade de movimento. Quer dizer, para mover corpos de massas muito grandes, precisamos de forças de grande intensidade, por isso ao medirmos a massa de um corpo, estamos medindo sua inércia.

No que se refere ao peso, saiba que ele é uma força de ação à distância. Na verdade, é uma força de atração gravitacional exercida pelo centro da Terra sobre os corpos que estão sobre a sua superfície ou próximos a ela. Generalizando um pouco, qualquer corpo de massa grande exerce força sobre os demais, no nosso caso isso é mais notório com relação à Terra. A força peso é sempre de atração e direcionada ao centro do planeta, no cotidiano vemos que corpos de massa grande também possuem peso grande.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A relação entre massa e peso é uma variante da segunda lei de Newton (Fr = m . a). Matematicamente, essa relação é expressa através da seguinte fórmula: P = m . g, onde P é o peso, m é a massa e g é a aceleração da gravidade. Já que peso é força, ele é um vetor, então devemos associar a ele: módulo, direção e sentido, por isso P e g estão em negrito, para ficar claro que se trata de grandezas vetoriais. Quanto à massa, ela é uma grandeza escalar, não necessita de direção e sentido para ficar bem definida, basta o módulo.

Outra diferença fundamental entre massa e peso é o fato de a massa ser uma constante, enquanto o peso varia de acordo com a aceleração da gravidade. Na Lua, onde a aceleração da gravidade é em torno de 1,6 m/s², um objeto que tem na Terra 100 kg de massa continuaria com esses 100 kg de massa, mas seu peso seria bem diferente. Na Terra, esse objeto teria 980 N de peso (lembrando que a gravidade na Terra é em torno de 9,8 m/s²), enquanto na Lua teria apenas 160 N. Seria muito mais fácil levantar esse objeto na Lua do que na Terra. No entanto, movimentá-lo horizontalmente seria tão difícil aqui como lá, pois a massa permanece a mesma.

O peso age constantemente sobre o corpo, estando ele em queda livre ou apoiado em alguma superfície.