Alunos Online


Materiais diamagnéticos

Os materiais diamagnéticos magnetizam-se de forma a criar um campo magnético contrário ao campo magnético externo.

As propriedades magnéticas de um material determinam como ele se comporta na presença de um campo magnético externo. Por exemplo, um pedaço de ferro se magnetiza na presença de um campo magnético externo, já um corpo de vidro quase não é afetado pelo campo.

Então podemos dizer que tais propriedades são determinadas por diferentes fatores, como por exemplo, sua composição química ou a maneira como seus átomos se organizam, entre outras. O tipo de átomo é um dos fatores determinantes para a magnetização do material. Sabemos que os elétrons contribuem para a magnetização dos átomos com seu spin e seu movimento ao redor do núcleo fazendo com que cada átomo se comporte como um pequeno ímã.

Quando se trata de materiais diamagnéticos, os spins não contribuem para o campo magnético, pois seus elétrons sempre aparecem em pares com spins opostos. O único efeito magnético se dá em razão do movimento dos elétrons em torno do núcleo, que é análogo ao campo gerado por uma espira percorrida por corrente.

Quando colocados na presença de um campo magnético externo, os materiais diamagnéticos se magnetizam de forma a criar um campo magnético contrário ao campo magnético externo. Dessa forma, os diamagnéticos são repelidos por um ímã e apresentam um campo magnético no seu interior bem menor do que o campo magnético externo que foi aplicado.

Esse efeito foi descoberto por Faraday que o chamou de diamagnetismo. Sendo assim, alguns materiais diamagnéticos apresentam a propriedade de supercondutividade, quando resfriados a temperaturas muito baixas. Nesses materiais, a resistência elétrica é nula, o que faz com que uma corrente elétrica possa circular sem perda de energia.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Um pequeno ímã flutua sobre um material supercondutor

Um pequeno ímã flutua sobre um material supercondutor

Por: Domiciano Correa Marques da Silva