Alunos Online


Depressões

Depressões são áreas de relevo rebaixadas. Suas altitudes variam entre 100 m e 500 m. Podem ser classificadas como relativas ou absolutas de acordo com o nível altimétrico.

Por: Rafaela Sousa O Mar Cáspio integra a Depressão Aralo-Caspiana, localizada entre o continente europeu e o continente asiático.

O Mar Cáspio integra a Depressão Aralo-Caspiana, localizada entre o continente europeu e o continente asiático.

Depressões são unidades de relevo caracterizadas por estar abaixo do nível altimétrico das áreas que as circundam, podendo em alguns casos estar até mesmo abaixo do nível do mar. Reconhecidas por suas irregularidades, apresentam pequenas inclinações e paisagens modeladas por processos de desgaste.

Origem

As depressões podem originar-se a partir do desgaste natural provocado por processos erosivos por meio de agentes modificadores do relevo. Esses agentes podem ser endógenos (fenômenos advindos do interior da Terra, como vulcanismo e tectonismo) e exógenos (como ação da água, do mar, do vento e das geleiras). As depressões podem também se formar quando as forças endógenas provocam afundamento das áreas.

O grande acúmulo de sedimentos é característico das depressões, que podem ser formadas por rochas sedimentares ou rochas cristalinas.


Tipos de depressões de acordo com o nível altimétrico:

→ Relativas: as depressões são classificadas como relativas quando sua altitude é superior ao nível do mar, mas inferior à altitude das áreas que estão ao seu redor. São alguns exemplos no Brasil a Depressão Amazônica e a Depressão Cuiabana.

→ Absolutas: as depressões são classificadas como absolutas quando estão abaixo do nível do mar. Um exemplo é o Mar Cáspio, que integra a Depressão Aralo-Caspiana, localizada entre o continente europeu e o continente asiático.


Tipos de depressões de acordo com a localização:

1. Depressões periféricas: localizadas na zona de contato entre regiões de bacias sedimentares e escudos cristalinos. Essas áreas costumam ter formato alongado. Exemplo: Depressão Periférica da Borda Leste da Bacia do Paraná.

2. Depressões marginais: depressões que se localizam às margens de áreas sedimentares. Exemplo: Depressão Sul-Amazônica.

3. Depressões interplanálticas: são áreas que se localizam em níveis altimétricos mais baixos do que os planaltos que as circundam. Exemplo: Depressão Sertaneja.


Particularidades sobre as depressões brasileiras

→ O relevo brasileiro foi classificado por diferentes estudiosos ao longo dos diferentes estágios de estudo sobre o assunto. Aroldo Azevedo foi o primeiro a elaborar uma classificação, na década de 40, que identificava oito unidades de relevo de acordo com o seu perfil topográfico. Posteriormente, já na década de 70, surgiu um nova classificação, proposta pelo geógrafo Aziz N. Ab'Saber, que delimitava o relevo de acordo com as suas as suas características e formação. O Brasil, de acordo com essa classificação, ficou dividido em dez unidades (sete planaltos e três planícies). As depressões só passaram a fazer parte das formas de relevo do Brasil a partir da classificação proposta por Jurandyr Ross. Essa classificação atualmente é mais aceita e foi baseada nos estudos de Aziz N. Ab'Saber e também no projeto RadamBrasil1, que fez um levantamento fotográfico do solo brasileiro com auxílio de equipamentos aéreos. A classificação de Ross leva em consideração aspectos como nível altimétrico (altitude), processo de formação e estrutura geológica da área. O território brasileiro ficou então dividido em 28 unidades, distribuídas entre planaltos, planícies e depressões.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

→ Uma das particularidades das depressões no Brasil é que elas são formadas por meio de processos erosivos. Os principais exemplos de depressões brasileiras são: Depressão Sertaneja e do São Francisco, Depressão Cuiabana, Depressão Periférica Sul-rio-grandense, entre outras.


Curiosidades

A cratera é um exemplo geral do que é uma depressão: áreas que se encontram em altitudes menores do que as áreas que as circundam. Os vales, uma subcategoria de relevo, também são um tipo de depressão e apresentam geralmente duas encostas em seus limites. No fundo dos vales, comumente há presença de cursos d'água, que são responsáveis pela formação desse tipo de relevo em alguns casos.


O Parque Nacional do Vale da Morte, localizado no estado da Califórnia, Estados Unidos, é um exemplo de depressão.


Maior depressão do mundo

Localizado no Oriente Médio, o Mar Morto é considerado a maior depressão absoluta do mundo, possuindo a maior área continental com altitude abaixo do nível do mar.


Mar Morto, localizado no Oriente Médio.



__________________________
1PROJETO RADAMBRASIL. "Capítulo 2. Geomorfologia". In: Levantamento de recursos naturais. 34 vols. Rio de Janeiro: Ministério das Minas e Energia; Departamento Nacional de Produção Mineral, 1973-1987. Link.