Alunos Online


Eritreia

A Eritreia é uma nação marcada pelos conflitos sangrentos contra a Etiópia, país do qual se libertou em 1993.

Por: Rodolfo F. Alves Pena Bandeira da Eritreia

Bandeira da Eritreia

A Eritreia é um país localizado na África Oriental, mais especificamente na região do “Chifre Africano”. Sua área é banhada a leste pelo Mar Vermelho, fazendo fronteira com o Djibuti, a sudeste; com a Etiópia, ao sul; e com o Sudão, a oeste. É o sétimo país mais jovem e um dos mais pobres do mundo, com uma população de 5.580.000 pessoas que habita uma área de 117.600 km².

O relevo da Eritreia é marcado pela presença do Vale Rift, uma grande falha geológica responsável por dividir o território eritreno em duas grandes regiões: uma desértica, com baixas altitudes, a leste, e uma zona de terras férteis e altas a oeste. Outra divisão segmenta o território em quatro: as colinas do norte e do centro-oeste, o Planalto Centro-Sul, os Planaltos Ocidentais e a Planície Costeira do Mar Vermelho.

Apesar de se encontrar às margens do Mar Vermelho, a maritimidade não exerce uma influência decisiva sobre o clima da Eritreia, região marcada pelas grandes diferenças de altitude. Nas zonas costeiras, o tipo climático é o desértico, enquanto, nas porções continentais, o clima é tropical, com um maior índice de chuvas em função das elevadas médias de altura em relação ao nível do mar.

Historicamente, o território da Eritreia foi estabelecido em 1890, ano em que esse país foi anexado à Itália, que já havia iniciado o processo de ocupação local no ano de 1885. A partir de 1941, no contexto da Segunda Guerra Mundial, os italianos foram expulsos pelos ingleses, que estabeleceram ali um protetorado britânico.

Em 1952, a Organização das Nações Unidas (ONU) concedeu ao país o fim da dominação colonial, com o pesar de federar o seu território à Etiópia, tornando-o uma área autônoma desse país. No entanto, essa relativa autonomia durou pouco, pois, em 1961, o rei etíope dissolveu o parlamento eritreno e anexou de vez a região.

Após vários anos de lutas, lideradas principalmente pela FPLE (Frente Popular de Libertação da Eritreia), envolvendo conflitos sangrentos com milhares de mortos, a Eritreia finalmente conseguiu vencer a disputa e abrir precedentes para a sua independência, que foi selada dois anos depois em um referendo popular. Com isso, o novo país surgiu com um amplo reconhecimento internacional, mas com heranças sociais e econômicas duríssimas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Atualmente, a Eritreia possui uma das economias mais pobres e um dos piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do planeta, problema que não se resolve com as frequentes ajudas internacionais direcionadas ao país em função dos fortíssimos esquemas de corrupção. Para piorar a situação, novos conflitos e constantes desentendimentos emergiram – e ainda emergem – com a Etiópia em virtude de disputas envolvendo o estabelecimento das fronteiras entre os dois países, fato que não se resolveu inteiramente até hoje.

Mapa de localização do território da Eritreia
Mapa de localização do território da Eritreia

Dados da Eritreia*

Extensão territorial: 117.600 km²

Localização: África Oriental

Capital: Asmara

Idiomas Oficiais: Árabe e Tigrina

Atual presidente: Isaias Afewerki

População: 5.580.000 habitantes

Religiões: Islamismo (51%) e Cristianismo (49%).

Densidade demográfica: 47 hab/km²

Taxa média anual de crescimento populacional (2010-2015): 2,913%

População residente em área urbana: 22%

População residente em área rural: 78%

Taxa de alfabetização de pessoas com mais de 15 anos de idade: 68%

População subnutrida: 65%

Calorias consumidas: 1.680 Kcal/dia

Esperança de vida ao nascer: 62 anis

IDH: 0,351 (muito baixo)

Moeda: Nafka

Produto Interno Bruto (PIB): 2.609 milhões de US$

PIB per capita (2011): 482 US$

População Economicamente Ativa: 85%

Gastos Públicos com educação: cerca de 5%

Gastos Públicos com saúde: 1,3%

*Dados fornecidos pelo IBGE relativos a 2013