Alunos Online


Fontes de energia não renováveis e renováveis

As fontes de energia fornecidas pela natureza são classificadas em não renováveis, que se esgotam com o tempo, e em renováveis, que podem renovar-se.

Fontes não renováveis e renováveis de energia representam recursos naturais que possibilitam a obtenção de energia. As fontes não renováveis, representadas principalmente pelos combustíveis fósseis, são esgotáveis, ou seja, não se regeneram a curto prazo na natureza. Já as fontes renováveis de energia, representadas, por exemplo, pela energia solar e a eólica, são formas de obtenção de energia por meio de recursos naturais capazes de se regenerar na natureza em um curto período.

Fontes não renováveis de energia

São as fontes de energia que possuem reserva limitada, podendo chegar ao seus esgotamento, visto que seu processo de formação é lento comparado à demanda de uso. São também consideradas fontes de energia “sujas”, pois a sua utilização provoca danos ao meio ambiente. Os combustíveis fósseis são exemplos fontes não renováveis de energia e atualmente são os mais utilizados para geração de energia no mundo.

São exemplos de fontes não renováveis de energia:

Petróleo

É encontrado nos assoalhos oceânicos ou em regiões que estiveram cobertas por águas oceânicas. É constituído por compostos orgânicos, sobretudo hidrocarbonetos. É um combustível fóssil atualmente indispensável em nossa sociedade, sendo considerado a principal matéria-prima e fonte de energia do mundo. Grande parte da produção mundial é destinada à produção de combustível para o setor de transportes e para as atividades industriais. O uso dessa fonte de energia tem sido alvo de discussões em todo o planeta, visto que a sua queima gera gases poluentes, os quais são emitidos à atmosfera. É um grande desafio substituí-lo por uma fonte de energia menos poluente.

Leia também: Exploração e extração do petróleo

Gás natural

Assim como o petróleo, o gás natural pode ser encontrado em solo oceânico. É caracterizado por ser uma mistura de hidrocarbonetos leves na forma gasosa. Suas reservas podem ser encontradas geralmente onde também há petróleo. Seu uso intensificou-se nas últimas décadas, principalmente na geração de energia elétrica e também como combustível automotivo. Apesar das semelhanças com o petróleo, o gás natural é considerado menos poluente e, consequentemente, menos agressivo ao meio ambiente. Seu uso para produção de energia possui custo mais baixo. Rússia e Estados Unidos detêm cerca de 40% da reserva de gás natural.

Carvão mineral

Durante a Revolução Industrial, o carvão foi a matriz energética mais utilizada. Carvão são rochas que se formam por processos de sedimentação e decomposição, possuindo em sua composição carbono não cristalizado. Quanto mais antiga sua formação, maior é o teor de carbono. O carvão é considerado o mais poluente dos combustíveis fósseis e também o que possui maiores reservas no mundo.

Energia nuclear

É por meio do processo de fissão nuclear que se obtém energia nuclear. Na natureza, o único elemento que permite realizar o processo de fissão é o urânio. No passado, a energia nuclear produzida era usada para fins militares.

A energia nuclear é uma fonte de energia esgotável e considerada “limpa”, visto que no seu processo de obtenção não há emissão de gases de efeito estufa à atmosfera. Porém, o material rejeitado ao longo do processo deve ser manuseado com cuidado, pois continua radioativo e pode contaminar pessoas e ambientes. O uso desse tipo de energia é questionado por estar associado ao desenvolvimento de armas nucleares, que podem representar riscos à humanidade.

Saiba mais: Energia nuclear no Brasil

Fontes renováveis de energia

São as fontes de energia que possuem reserva ilimitada, podendo ser repostas na natureza em um menor espaço de tempo. São consideradas fontes de energia alternativas e uma possibilidade de mudar o modelo energético tradicional, pois sua disponibilidade é maior e causam menos impactos negativos no meio ambiente. O uso dessas fontes requer desenvolvimento tecnológico que as viabilize economicamente para que possam ser mais acessíveis à população.

São exemplos de fontes renováveis de energia:

Energia solar

É considerada uma fonte inesgotável de energia. Oferece inúmeros benefícios para o meio ambiente, pois não polui e existe de forma abundante em todo o planeta. Seu uso requer tecnologias avançadas, por isso ainda não é utilizada em larga escala. A obtenção da energia solar pode ser feita de duas maneiras: de forma direta, por intermédio de painéis de células fotovoltaicas, ou de forma indireta, por meio de usinas que se localizam em áreas de insolação.

Energia eólica

É obtida por meio da força dos ventos. Em áreas em que os ventos são intensos e regulares, a produção de energia eólica é viável e possui baixo custo. A obtenção de energia ocorre por meio de aerogeradores que convertem a energia cinética dos ventos em energia elétrica. A liderança mundial no uso de energia eólica é dos Estados Unidos, seguidos pela China. É considerada uma fonte de energia limpa por não emitir gases poluentes à atmosfera. Todavia, a instalação de aerogeradores em fazendas altera a paisagem, podendo prejudicar aves em suas rotas migratórias.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Biomassa

Corresponde a uma massa de organismos vivos de uma determinada área. Essa matéria orgânica pode ter origem florestal, como a madeira; origem agrícola, como a cana-de-açúcar e a soja; e origem em rejeitos urbanos e industriais, como o lixo. É uma fonte de energia renovável e durável, pois é possível garantir o seu ciclo, e é considerada uma matriz energética pouco poluente e viável economicamente. O uso dessa fonte de energia, contudo, possui alguns pontos negativos, visto que para que seja produzida é necessário desflorestar áreas e demanda o uso de grande quantidade de água.

Energia geotérmica

É obtida por meio do calor presente no interior do planeta, que é transformado em energia elétrica. Essa transformação ocorre nas chamadas usinas geotérmicas, que são construídas geralmente em áreas que favorecem sua produção: zonas de atividades vulcânicas. O calor gerado por essas fontes naturais colabora para a produção de vapor, usado na movimentação das turbinas. O uso desse tipo de energia possui aspectos positivos, como não agredir o solo e possuir baixos custos de manutenção, e também aspectos negativos, como a emissão de dióxido de enxofre à atmosfera.

Energia hidrelétrica

É obtida por meio do potencial hidráulico de um rio, onde são construídas usinas. A energia da água é transformada em energia mecânica, que, por sua vez, é transformada em energia elétrica. No Brasil, a energia hidrelétrica é a principal fonte de eletricidade.
Essa fonte de energia é considerada uma fonte renovável, mas está associada a grandes impactos socioambientais. Algumas usinas hidrelétricas emitem metano à atmosfera, gás altamente poluente, por isso não são consideradas uma fonte limpa de energia.

Vantagens e desvantagens

→ Fontes não renováveis

1. Vantagens:

  • São de fácil implementação e manutenção, visto que são mais viáveis economicamente que as demais formas de energia;
     
  • Possuem alto rendimento energético quando comparadas às fontes de energia renováveis;
     
  • O seu uso gera muitos empregos, melhorando a economia, visto que são utilizadas em larga escala no mundo todo;
     
  • No caso do petróleo, além de gerar combustíveis, gera também outros derivados, como a parafina.

2. Desvantagens:

  • Não são renováveis, possuindo reservas limitadas;
     
  • O uso de fontes não renováveis provoca grandes impactos negativos no meio ambiente, em virtude da emissão de gases poluentes à atmosfera, agravando problemas como aquecimento global e efeito estufa;
     
  • O mau uso e a má exploração desses recursos energéticos podem provocar acidentes devastadores. São exemplos o derramamento de petróleo nas águas oceânicas e explosões em usinas nucleares.

→ Fontes renováveis

1. Vantagens:

  • São renováveis e suas reservas podem ser repostas em um curto espaço de tempo;
     
  • Provocam poucos impactos ambientais negativos quando comparadas às fontes não renováveis de energia. Sendo assim, são aliadas da sustentabilidade;
     
  • Oferecem menos riscos de acidentes quando comparadas, por exemplo, à energia nuclear;
     
  • Possibilitam geração de empregos em zonas mais afastadas;
     
  • Diminuem a dependência da sociedade em relação ao uso dos combustíveis fósseis.

2. Desvantagens:

  • O uso de fontes renováveis ainda não é feito em larga escala, pois depende de avanços tecnológicos que as viabilizem economicamente;
     
  • O uso de biomassa gera impactos ambientais, visto que é necessário que haja desflorestamento de áreas, além de necessitar de um elevado uso de água;
     
  • O uso da hidroeletricidade provoca danos ao solo, que, uma vez erodidos, impactam toda a região.

Fontes renováveis de energia no Brasil

No Brasil, cerca de 42% da energia produzida é proveniente de fontes renováveis de energia. A fonte de energia mais utilizada em território brasileiro são as hidrelétricas, que representam aproximadamente 64% do potencial elétrico do país. Já é realidade no Brasil o uso de biomassa, etanol, energia solar e eólica.

No país, é possível encontrar cerca de 536 usinas eólicas, o que coloca o Brasil na liderança da América Latina no que diz respeito à produção desse tipo de energia. Em relação à biomassa, cerca de 9,2% da matriz energética brasileira é constituída pelo seu uso. Já a energia eólica representa em torno de 8,5%.

Esse fato permite dizer que atualmente a matriz energética do Brasil é a mais renovável do mundo. A matriz energética mundial baseia-se no uso de combustíveis fósseis principalmente. Portanto, é possível dizer que o Brasil tem emitido menos gases de efeito estufa em comparação a outras localidades.

Fontes não renováveis e fontes renováveis de energia correspondem aos recursos energéticos provenientes da natureza que compõem a matriz energética mu

Fontes não renováveis e fontes renováveis de energia correspondem aos recursos energéticos provenientes da natureza que compõem a matriz energética mu

Por: Rafaela Sousa