Alunos Online


Foz, afluente, estuário e leito

Foz, afluente, estuário e leito são denominações dadas a algumas partes do rio. Apresentam suas particularidades e classificações.

Foz, também conhecida como desembocadura, é o local onde um curso d'água (como um rio) deságua em uma significativa acumulação de água como um lago, outro rio, mar ou o oceano.

Leia também: Quais são as partes de um rio?

Tipos de foz

A foz pode ser classificada em três tipos, que variam segundo as características do curso d'água, sua localização e a topografia.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

São eles:

1) Delta: A foz do tipo delta é aquela em que se formam vários canais ou ramificações aos quais o curso d'água liga-se ao corpo d'água em que desaguará. Esses canais são entremeados de ilhas e característicos de rios de planície, ou seja, áreas de pouca declividade. Exemplos: Rio Paranaíba, no Brasil, e o Rio Nilo, no Egito.

Foz em delta
A foz em delta é comum em rios de planície e apresenta várias ramificações, que formam ilhas.

2) Estuário: A foz do tipo estuário é aquela em que o curso d'água deságua por meio de um único canal, não havendo nenhuma outra ramificação, ou seja, uma ligação direta com o corpo d'água no qual desembocará. É característico de locais onde não há depósito/acumulação de sedimentos. Exemplo: Rio Congo, na África.

Foz em estuário
A foz em estuário não apresenta ramificações, sendo, portanto, um único canal de desembocadura.

3) Mista: A foz do tipo mista é aquela que apresenta tanto a foz do tipo delta quanto a foz do tipo estuário, ou seja, apresenta ramificações bem como um canal único de desembocadura. O grande exemplo é a foz do Rio Amazonas, no Brasil. O rio apresenta algumas ramificações laterais e uma foz principal com canal único sem ramificações.

Rio Amazonas
O Rio Amazonas é exemplo de foz mista no Brasil.

Tipo de foz predominante no Brasil

Predomina no Brasil foz do tipo estuário, que apresenta um único canal. Há também presença de foz do tipo delta, como o Rio Piranhas (na Paraíba) e o Rio Paraíba do Sul (banha São Paulo e Minas Gerais). Há no Brasil também um exemplo de foz mista, que é o caso do Rio Amazonas. Os rios no Brasil são em sua maioria rios de planalto e perenes (rios que não desaparecem no período da seca).

Saiba também: Amazônia e água no Brasil

Rios de foz em estuário
No Brasil, os rios, predominantemente, apresentam foz em estuário, ou seja, há um único canal de desembocadura.

O que é afluente?

Afluentes são os cursos d'água ou rios de menor volume que deságuam em rios maiores, aumentando ainda mais o volume destes. Juntos drenam uma bacia hidrográfica. É válido dizer que os afluentes não desembocam no oceano como ocorre com os rios principais.

Afluentes
Afluentes são cursos d'água que deságuam em um corpo d'água principal.

O que é estuário?

Estuário é uma área larga e extensa, como uma baía, que representa a transição entre um rio e o mar, ou seja, há a mistura de água doce, próxima a sua cabeceira, e água salgada, próxima de sua desembocadura. Essas áreas normalmente apresentam uma elevada biodiversidade.

Saiba mais: Diferença entre rio, córrego, ribeirão e riacho

É importante dizer que estuário é um conceito, como já dito anteriormente, utilizado para caracterizar uma foz em contraposição à foz do tipo delta. Contudo, uma região de delta também pode ser considerada um estuário, visto que o estuário pode ser classificado segundo a sua forma, sua origem e o volume do curso d'água.

Essas classificações são caracterizadas por fatores como diferentes densidades dos corpos d'água, aumento e baixa da maré, variações do fluxo do rio, entre outros. Um exemplo de estuário é a Baía de São Francisco, na Califórnia, Estados Unidos.

Baía de São Francisco
A Baía de São Francisco é um exemplo de estuário, uma zona de transição entre rio e oceano.

O que é leito?

Leito corresponde à área percorrida por um fluxo d'água, por exemplo de um rio. Pode ser classificado em leito aparente (espaço no qual percorre o fluxo d'água e os materiais transportados por ele); leito maior (corresponde a uma planície de inundação, ou seja, uma área inundada em períodos de cheia) e leito menor (espaço ocupado por um corpo d'água de menor volume).

Leia mais: Por que não podemos beber água do mar?

Foz é a parte de um rio ou um corpo d'água que corresponde à sua desembocadura.

Foz é a parte de um rio ou um corpo d'água que corresponde à sua desembocadura.

Por: Rafaela Sousa