Alunos Online


Japão

Japão, país que superou duas dificuldades políticas do pós-guerra e as suas limitações naturais para empreender um amplo desenvolvimento econômico.

Por: Rodolfo F. Alves Pena Imagem com a bandeira do Japão

Imagem com a bandeira do Japão

O Japão é um país insular localizado na porção leste do continente asiático, circundado pelo Oceano Pacífico. Não possui fronteiras diretamente ligadas a nenhum outro território, mas próximo a ele estão a Rússia (a norte e a nordeste), as Coreias do Norte e do Sul (a oeste), a China (a sudoeste) e as Filipinas (ao sul). Possui uma área de 377.977 km², onde habitam cerca de 126.400.000 habitantes, constituindo uma incrível densidade populacional de 335 habitantes por quilômetro quadrado.

O arquipélago que compõe o território japonês encontra-se localizado em uma zona de extrema instabilidade geológica, conhecida como “Círculo de Fogo do Pacífico”, onde se localizam inúmeros pontos de encontro entre duas placas tectônicas. Por esse motivo, os terremotos são comuns no país, bem como as atividades vulcânicas.

Essas condições naturais favorecem a predominância de um relevo marcado pelas inúmeras serras, morros e cadeias montanhosas, o que agrava o problema populacional vivido no país, afinal, resta somente um espaço diminuto para abrigar uma das maiores populações do planeta. A maior parte dos habitantes encontra-se nas planícies litorâneas, muito em função do relevo montanhoso que dificulta a moradia em certas áreas.

O Monte Fuji, vulcão ativo e ponto mais alto do Japão, exemplifica o relevo japonês
O Monte Fuji, vulcão ativo e ponto mais alto do Japão, exemplifica o relevo japonês

O clima do Japão é do tipo temperado frio ao norte, em função das massas de ar advindas da Sibéria e das influências das monções de inverno. Em sua parte mais central, o clima é o temperado oceânico, com temperaturas mais quentes no verão e mais amenas durante o inverno. Ao sul, o clima é subtropical em virtude das monções de verão. Em todas essas áreas, inúmeras correntes marinhas exercem influência decisiva sobre as composições atmosféricas.

As principais atividades agrícolas do Japão são a rizicultura e a pesca marinha, com a maior frota de pesqueiros do mundo. A plantação de arroz acontece por meio de pequenas propriedades, haja vista que as composições do relevo reduzem os espaços agricultáveis e tornam praticamente impossível o predomínio dos latifúndios. A agropecuária representa somente 1,1% do enorme PIB do Japão.

Um dos entraves do desenvolvimento japonês sempre foi a escassez de recursos minerais. Isso ocorre porque esse tipo de elemento natural costuma se fazer presente em formações geológicas relativamente antigas, o que não é o caso do relevo do Japão. Por esse motivo, o país importa uma enorme quantidade de petróleo, ferro, cobre e manganês, além de já ter realizado invasões militares em territórios que dispunham de pelo menos uma parte desses recursos.

Atualmente, o Japão é um dos países mais industrializados do planeta, apresentando as mais avançadas técnicas e tecnologias. O processo de industrialização iniciou-se há muito tempo, durante a chamada Era Meiji (1868-1912) que deu fim à economia feudal no país e enfraqueceu as empresas familiares, denominadas por zaibatsus. Essas, no entanto, retornaram com muita força após a 2ª Guerra Mundial, quando a economia do Japão passou a recuperar-se dos efeitos do conflito. Posteriormente, as zaibatusus deram origem a empresas como a Mitsubishi, a Mitsui e a Sumitomo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A partir da segunda metade do século XX, o Japão conheceu um rápido crescimento urbano-industrial, modernizando suas atividades e até liderando inovações no campo produtivo, a exemplo da implantação do modelo toyotista de produção. O país conheceu notáveis crescimentos econômicos e tornou-se a segunda maior economia do planeta, sendo recentemente ultrapassado pela China.

Dados do Japão*

Localização: Leste da Ásia

Extensão territorial: 377.947 km²

Sistema de Governo: Estado unitário, Monarquia constitucional, Parlamentarismo

Primeiro-Ministro: Shinzō Abe

Imperador: Akihito

Capital: Tóquio

Idioma: Japonês

Religiões: xintoísmo (83%), budismo (71,4%) - boa parte da população segue as duas religiões –, outras (10%).

População: 126.434.653 habitantes

Densidade demográfica: 335 hab/km²

Taxa média anual de crescimento populacional: -0,073%

População residente em área rural: 8%

População residente em área urbana: 92%

População subnutrida: menor que 5%

Esperança de vida ao nascer: 83 anos

Domicílios com acesso à água potável: 100%

Domicílios com acesso à rede sanitária: 100%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,912

Moeda: Iene

Produto Interno Bruto (PIB): 5,96 Trilhões de dólares

PIB per capita: 46.838 US$

* Dados do IBGE Países referentes ao ano de 2013.