Alunos Online


Objetivos do Milênio

Os objetivos do milênio encontram-se em fase final de aplicação e reúnem os chamados “8 jeitos de mudar o mundo”.

Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) – ou, simplesmente, Objetivos do Milênio – são um conjunto de medidas e metas elaborado no âmbito da Organização das Nações Unidas (ONU) para promover um melhor desenvolvimento das sociedades até o ano de 2015. Os ODM pautam-se em oito principais objetivos e, por isso, são também chamados de os “8 jeitos de mudar o mundo”.

Essas oito metas estabelecidas são:

1 – Acabar com a fome e a miséria;

2 – Promover uma educação com o ensino básico universal;

3 – Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres;

4 – Reduzir a mortalidade infantil;

5 – Melhorar a saúde das gestantes;

6 – Combater o HIV/aids, a malária e outras doenças;

7 – Garantir a sustentabilidade com qualidade de vida;

8 – Estabelecer uma Parceria Mundial para o Desenvolvimento.

Quadro-síntese de divulgação da ONU com os objetivos do milênio
Quadro-síntese de divulgação da ONU com os objetivos do milênio

Os objetivos do milênio não foram estabelecidos arbitrariamente, mas a partir de uma série de debates no âmbito das conferências internacionais dos anos 1990. Assim, no mês de setembro do ano 2000, eles foram sintetizados na chamada Declaração do Milênio, um pacto assinado por 192 países-membros da ONU para serem cumpridos até 2015. Os chamados “8 jeitos de mudar o mundo” surgiram, então, a partir do Projeto de Milênio, elaborado pela ONU no sentido de melhor operacionalizar e divulgar os ODM em um plano de ação concreta.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como bem destaca o portal oficial da Unicef (Fundação das Nações Unidas para a Infância), seis dos oito objetivos do milênio giram em torno da infância, pois considera-se que elas pertençam ao estrato mais frágil da sociedade e que carregarão para o futuro os efeitos das ações no presente. Por isso, além de assegurar a qualidade de vida e o desenvolvimento das sociedades, é preciso preservar essas possíveis conquistas para as próximas gerações.

No site oficial, em português, dos Objetivos do Milênio – e que pode ser acessado aqui –, há um relatório específico sobre cada um dos ODM e um destaque sobre o papel realizado pelo Brasil no sentido de cada um dos objetivos. Alguns deles, inclusive, já foram cumpridos nos termos colocados, embora inúmeros desafios ainda se coloquem para os próximos anos. A redução da mortalidade infantil em dois terços e a atenuação da miséria foram amplamente atendidos pelas políticas nacionais desde o ano de 2011, conforme relatórios da própria ONU.

De todo modo, além do cumprimento dos ODM, é preciso que toda a população e as organizações sociais estejam preocupadas em acompanhar os avanços não só no Brasil, mas em todo o mundo, haja vista que os países periféricos encontram uma maior dificuldade de conseguir tais avanços em razão de suas limitadas condições políticas ou econômicas. Além disso, a chamada “agenda pós-2015” ainda reserva muitos desafios no sentido de melhorar a qualidade de vida e o desenvolvimento dos povos ao longo das próximas décadas. 

Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio foram elaborados pela Organização das Nações Unidas.

Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio foram elaborados pela Organização das Nações Unidas.

Por: Rodolfo F. Alves Pena