Alunos Online


Paralelos e Meridianos

Os paralelos e meridianos formam o sistema cartográfico de linhas imaginárias que nos ajuda a melhor conhecer a disposição dos elementos na superfície terrestre.

Os paralelos e meridianos são linhas imaginárias que fazem parte do sistema de coordenadas geográficas da Terra. Eles configuram-se como demarcações cartograficamente traçadas sobre o globo terrestre que são utilizadas, além da localização, para diversos fins, como demarcações dos solstícios e equinócios, os fusos horários, entre outros elementos.

Esquema simplificado dos paralelos e meridianos
Esquema simplificado dos paralelos e meridianos

Os paralelos, na verdade, são círculos traçados de forma perpendicular ao eixo da Terra. Trata-se de círculos concêntricos, em que o maior deles é a Linha do Equador, que divide o planeta nos hemisférios norte (boreal ou setentrional) e sul (austral ou meridional). Assim, o diâmetro desses círculos diminui conforme nos aproximamos dos polos terrestres.

Alguns dos paralelos da Terra são mais importantes por serem demarcações das diferentes posições da luz solar ao longo do ano, distinguindo as sequências alternadas de solstícios e equinócios. Essas linhas são: os trópicos de Câncer e Capricórnio e também os círculos polares do Ártico e do Antártico. Confira o esquema representado a seguir:

Esquema dos principais paralelos da Terra, representados durante um período de solstício
Esquema dos principais paralelos da Terra, representados durante um período de solstício

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os meridianos, por sua vez, são semicírculos traçados paralelamente ao eixo terrestre, mantendo-se em posição vertical. Ao contrário dos paralelos, que são dispostos paralelamente entre si, os meridianos encontram seu início e fim no centro dos polos norte e sul, de forma que todo meridiano possui o seu antimeridiano, e a distância entre ambos é sempre de 180º de longitude.

Como os meridianos são todos do mesmo tamanho, não existem diferenças técnicas que permitam que um seja mais preponderante do que os demais da forma como ocorre com a Linha do Equador em relação aos demais paralelos. Assim sendo, estabeleceu-se, por convenção, que o principal meridiano seria o de Greenwich, que se configuraria como uma espécie de “marco zero” da Terra.

Assim, o Meridiano de Greenwich possui várias funções, como dividir o planeta nos hemisférios oeste (ocidental) e leste (oriental) e também demarcar o grau zero das longitudes e dos fusos horários.

Os paralelos são medidos em latitudes, que nada mais são do que a distância entre eles e a Linha do Equador medida em graus. Já os meridianos, como já foi mencionado, são medidos em longitudes, que são a distância em graus em relação ao Meridiano de Greenwich. Essas duas linhas principais possuem, respectivamente, 0º de latitude e 0º de longitude.

Os paralelos e meridianos “fatiam” a Terra em várias partes

Os paralelos e meridianos “fatiam” a Terra em várias partes

Por: Rodolfo F. Alves Pena