Alunos Online


Partes de um rio

Nascente, leito e foz são partes de um rio que muitos de nós conhecemos. No entanto, existem outros conceitos importantes sobre os cursos d'água.

Por: Amarolina Ribeiro Os rios são cursos de água natural que deságuam em outro rio, no mar ou em um lago

Os rios são cursos de água natural que deságuam em outro rio, no mar ou em um lago

Os rios são volumes de água doce que circulam pelos continentes e correm das áreas mais altas para as mais baixas. Pequenos cursos d'água recebem denominações diferentes, como córrego, riacho, arroio, ribeirão e regato.

Partes de um rio

  • Nascente ou cabeceira: é o local onde o rio nasce, em geral do afloramento de água do lençol freático;

  • Curso: é a direção das águas da nascente até a foz;

  • Leito: é caminho percorrido pelo rio, isto é, o local por onde fluem as águas;

  • Margem: terras ou rochas que ficam na lateral do rio (direita e esquerda);

  • Afluente: é o curso d’água que deságua em um rio principal ou em um lago;

  • Subafluente: é o rio que deságua no rio afluente;

  • Confluência: é o ponto de junção entre dois fluxos d'água, que se reúnem para formar um novo rio;

  • Talvegue: é a parte mais profunda do leito do rio;

  • Meandro: curva do curso d’água;

  • Foz ou embocadura: é o local onde uma corrente de água, como um rio, deságua. Sendo assim, um rio pode ter como foz outro rio, um grande lago, uma lagoa, um mar ou o oceano;

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Jusante: é o sentido da correnteza em um curso d’água da nascente para a foz;

  • Montante: é o sentido contrário ao que corre o fluxo do rio, em direção à nascente.

Os cursos dágua possuem partes classificadas como nascente, foz, meandro, afluentes e subafluentes
Os cursos d'água possuem partes classificadas como nascente, foz, meandro, afluentes e subafluentes

Para estudar e conhecer um determinado curso fluvial, é necessário também conhecer alguns outros conceitos relacionados com a Hidrografia.

Vejamos algumas dessas definições:

  • Vertente: lateral do vale fluvial, da margem ao interflúvio;

  • Potencial hidráulico: capacidade estimada de produção de eletricidade de um rio;

  • Débito: volume escoado por um rio (m3/s);

  • Regime: variação do débito do rio durante um dado período;

  • Rede hidrográfica: conjunto formado por rio principal, afluentes e subafluentes;

  • Bacia hidrográfica: área banhada por uma rede hidrográfica;

  • Interflúvio: parte elevada do relevo que separa redes hidrográficas;

  • Vale: parte que se estende de um interflúvio a outro.