Alunos Online


Poluição do solo

A poluição do solo é um problema ambiental que reflete algumas formas incorretas de como a sociedade lida com o seu espaço natural e geográfico.

Por: Rodolfo F. Alves Pena O despejo inadequado de lixo é uma das principais causas da poluição dos solos

O despejo inadequado de lixo é uma das principais causas da poluição dos solos

O solo é um recurso natural, pois é um elemento disponível na natureza e do qual extraímos elementos e realizamos atividades para fins econômicos e sociais. É através do cultivo do solo que praticamos atividades como a agricultura e a pecuária, além de ser nele que se encontram as bases para a sustentação de outros recursos, tais como as florestas.

Desse modo, um dos problemas ambientais mais graves é a poluição do solo, haja vista que, embora ele seja considerado um recurso renovável em razão de sua capacidade de repor os seus nutrientes ao longo do tempo, o solo poderá esgotar-se caso não seja preservado. Por esse motivo, é preciso entender os principais fatores responsáveis pela sua poluição e os efeitos desse processo.

Uma das principais causas da poluição do solo é a produção excessiva de lixo, que ora é descartado de maneira indevida, ora se acumula nos lixões e aterros sanitários. Alguns materiais levam centenas de anos para decompor-se, a exemplo do plástico, o que faz com que o ambiente terrestre mantenha-se poluído por muito tempo. No caso dos aterros, há também o acúmulo do material orgânico líquido resultante da decomposição do lixo, o chorume, que se infiltra e pode até mesmo alcançar lençóis freáticos e reservas de água.

Outra das mais conhecidas formas de poluir o solo é a deposição indiscriminada de resíduos químicos industriais, que se acumulam em superfície, infiltram e tornam o espaço improdutivo, além de aumentarem os casos de doenças entre as pessoas que habitam as regiões próximas.

Citam-se, além dos exemplos acima, os problemas gerados pela utilização de agrotóxicos na agricultura. É claro que empregar os defensivos agrícolas, pesticidas e outros produtos químicos é importante para melhorar a produção, conter a invasão de pragas e diminuir casos de improdutividade das colheitas. No entanto, o uso sem controle desses materiais pode causar prejuízos ambientais graves, afetando até mesmo as colheitas posteriores, haja vista que o solo pode tornar-se improdutivo. O escoamento desses produtos pela água das chuvas ou da irrigação pode também afetar a bacia hidrográfica e, consequentemente, os rios e lagos mais próximos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O exagero no uso de agrotóxicos pode causar sérios problemas ambientais
O exagero no uso de agrotóxicos pode causar sérios problemas ambientais

Vale lembrar que determinadas composições que afetam os solos são transmitidas para aquilo que nele é cultivado, afetando vegetais, animais e até mesmo o ser humano, de forma a trazer problemas a toda a cadeia ecológica.

Por todos esses motivos, para combater a poluição dos solos, é preciso adotar métodos de diminuição da produção de lixo, a exemplo da política dos 3Rs (reduzir, reutilizar e reciclar), evitando também o despejo inadequado de materiais e produtos danosos ao meio ambiente. Além disso, no meio agrícola, é preciso sempre que possível empregar técnicas de cultivo que não causem prejuízos aos solos, tais como o uso de adubos orgânicos e outras técnicas alternativas de produção.


Aproveite para conferir as nossas videoaulas sobre o assunto: