Alunos Online


Problemas Ambientais Globais

Alguns problemas ambientais adquirem uma dimensão global, tais como o Efeito Estufa, a destruição da Camada de Ozônio e a ocorrência das Chuvas Ácidas.

Por: Rodolfo F. Alves Pena Alguns problemas ambientais atingem a escala global

Alguns problemas ambientais atingem a escala global

Um dos principais problemas colocados no contexto moderno do desenvolvimento das sociedades são as questões relacionadas com o meio ambiente. Em sua maioria, esses fenômenos têm grande parte de sua existência creditada às ações antrópicas, tais como a poluição e o desmatamento, provocando graves problemas naturais e prejudicando a vida animal e a constituição social.

Algumas dessas questões atingem todo o planeta e são temas recorrentes em todas as abordagens pertinentes à preservação do meio ambiente. Trata-se de problemas ambientais globais, dos quais podemos citar o efeito estufa, as chuvas ácidas e a destruição da camada de ozônio. Juntos, esses fenômenos podem ocasionar a intensificação do Aquecimento Global e provocar sérios danos às sociedades e à natureza.

Destruição da Camada de Ozônio

Apesar de não ser consenso em toda a comunidade científica, a destruição da Camada de Ozônio é colocada como um dos principais problemas da atualidade. A afirmação é a de que existe uma camada composta pelo elemento Ozônio (O3) na estratosfera terrestre, de forma que a emissão de gases poluentes estaria destruindo essa camada, cuja função é proteger a superfície terrestre dos Raios Ultravioletas emitidos pelo sol.

Aumento do Efeito Estufa

O efeito estufa é um fenômeno natural de conservação do calor na Terra. Quando os raios solares atingem a superfície terrestre, eles são em parte absorvidos e em parte refletidos para a atmosfera que reflete novamente esses raios para a superfície. Esse fenômeno recebe esse nome por ser semelhante à ação de uma estufa de vidro, quando o calor entra com facilidade, mas tem dificuldade em se dispersar.

O principal problema é que a ação humana sobre o espaço natural e geográfico vem contribuindo para a intensificação desse fenômeno, o que estaria contribuindo para a elevação das temperaturas do planeta. A emissão de gás carbônico (CO2) na atmosfera contribui para que os raios solares não se dispersem para fora da atmosfera, retendo toda a sua energia em nosso ambiente, fato que se agrava com o processo de desmatamento, uma vez que a vegetação tem a função de absorver parte desse calor.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Intensificação das Chuvas Ácidas

Em regra, toda chuva é ácida. No entanto, os níveis comuns dessa acidez não representam uma ameaça para os locais que recebem essas chuvas. Apesar disso, alguns fatores podem contribuir para a elevação desse índice, como a presença de alguns elementos na atmosfera, a exemplo do dióxido de enxofre (SO2) e do dióxido de nitrogênio (NO2).

Esses elementos químicos reagem com a água da chuva, tornando-se mais ácida do que o normal. A emissão desses na atmosfera está relacionada com fatores naturais (como erupções vulcânicas, por exemplo) e, principalmente, com a ação humana. A fumaça emitida pelas chaminés de algumas fábricas possui uma elevada concentração de poluentes que prejudicam a qualidade do ar.

Em função disso, vários prejuízos já foram causados pela ação da Chuva Ácida ocasionada pela ação humana, como a contaminação de rios e lagos, a destruição de patrimônios, alterações na agricultura e na pecuária, entre outros inúmeros casos.

A combinação desses problemas ambientais acima elencados contribui para a ocorrência de inúmeros outros fenômenos, tais como o Aquecimento Global e a alteração dos ecossistemas e da vida na Terra.


Aproveite para conferir nossa videoaula relacionada:

Artigos Relacionados