Alunos Online


Tipos de Industrialização

Existem três principais tipos de industrialização: a clássica, a planificada e a tardia.

Por: Rodolfo F. Alves Pena A industrialização manifesta-se de forma desigual no espaço mundial

A industrialização manifesta-se de forma desigual no espaço mundial

O processo de industrialização manifesta-se de maneira desigual nas mais diferentes partes do globo terrestre. Aqueles países conhecidos por terem sidos pioneiros nesse processo no âmbito da I Revolução Industrial e que são considerados do tipo desenvolvido instauraram suas indústrias de forma completamente diferente dos países socialistas ou de economia planificada e, principalmente, dos países periféricos.

O início da industrialização no mundo ocorreu ao longo do século XVIII, na Inglaterra, alastrando-se por toda a Europa. Com isso, profundas alterações nas sociedades e no espaço geográfico da época ocorreram, com uma rápida urbanização e agremiação de trabalhadores em espaços comuns. Com o tempo, os países desenvolvidos ampliaram a suas tecnologias ao longo da II e III Revoluções Industriais e melhoraram as condições sociais e urbanas.

Contudo, existem países que conheceram apenas parcialmente esse processo e outros que ainda não se industrializaram. Isso acontece porque a produção do espaço manifesta-se de maneira extremamente desigual no contexto mundial. Por isso, torna-se necessário classificar os diferentes tipos de industrialização no mundo.

Nesse sentido, diferencia-se os países de industrialização clássica dos países de industrialização planificada e dos países de industrialização tardia.

Países de industrialização clássica ou original: Como já frisamos, os países da Europa – além de algumas outras economias desenvolvidas, como os Estados Unidos – foram os primeiros países a conhecerem o processo de industrialização de suas sociedades. Eles são os chamados países de industrialização clássica ou original. Atualmente, são eles os detentores dos principais tipos de ferramentas tecnológicas, além de abrigarem a maior parte das sedes de multinacionais existentes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Países de industrialização planificada: esses países industrializaram-se ao longo do século XX em um processo controlado exclusivamente pelo Estado, desviando-se, ao menos parcialmente, das leis capitalistas de mercado. As industrializações desse tipo ocorreram nas repúblicas socialistas – ou capitalistas de Estado, na visão de alguns – que organizaram todo o processo produtivo, burocratizando as relações de produção e praticamente extinguindo a iniciativa privada.

Com o fim da União Soviética e a passagem gradual de alguns países socialistas rumo à adoção do capitalismo, tais como Cuba e China, praticamente não há mais indícios de industrialização planificada no mundo atual.

Países de industrialização tardia: a maioria desses países ainda está nas fases iniciais de suas industrializações, que se manifestam na América Latina, na Ásia e na África, abrangendo praticamente todas as economias periféricas do mundo. Esse tipo de industrialização caracteriza-se por ser operado, principalmente, pelo capital estrangeiro por meio de empresas multinacionais, com priorização da produção de bens de consumo e com tecnologia importada. A disseminação da industrialização tardia vem contribuindo para que países predominantemente rurais se urbanizem rapidamente, tanto que, no ano de 2010, registrou-se pela primeira vez no mundo o predomínio da população urbana sobre a população residente no meio agrário.

Artigos Relacionados