Alunos Online


AI-4

O AI-4 teve por objetivo convocar o Congresso Nacional para aprovar uma nova Constituição para o Brasil.

O Ato Institucional nº 4, AI-4, foi publicado em 7 de dezembro de 1966 com o objetivo de convocar extraordinariamente o Congresso Nacional para discutir, votar e promulgar o projeto de Constituição que o presidente da ditadura militar à época, Humberto Castello Branco, enviaria às casas legislativas.

Os responsáveis pela ditadura argumentavam que a promulgação de uma nova Constituição era necessária em decorrência da defasagem da Constituição de 1946 e das diversas alterações que ela havia sofrido, inclusive com os Atos Institucionais anteriores e o próprio golpe militar de 1964.

Além disso, tinham o objetivo de criar uma Constituição que representasse a institucionalização dos ideais e princípios do golpe e da ditadura civil-militar, chamados pelo governo de Revolução. A Constituição deveria ainda assegurar e dar continuidade à obra iniciada pelos militares e civis conservadores do país, quando tiraram do poder o presidente João Goulart.

Em um momento de ascensão da repressão e da intensificação do autoritarismo da ditadura civil-militar, o AI-4 estipulava que o Congresso Nacional teria pouco mais de um mês para poder discutir, votar e promulgar o projeto de Constituição. Essa situação indicava que não haveria um processo de ampla participação na criação da nova carta constitucional que direcionaria as ações do Estado brasileiro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

No período entre a discussão do projeto e sua promulgação caberia ao presidente legislar através de Atos Complementares e decretos-leis, principalmente no que se referia à chamada segurança nacional e sobre questões financeiras.

O Congresso Nacional reuniu-se e, em 24 de janeiro de 1967, foi promulgada uma nova Constituição no Brasil, a quinta da história e a quarta do período republicano. Com a nova carta, poderiam os presidentes atuar ditatorialmente com respaldo constitucional.

* Crédito da Imagem: Arquivo Público do Estado de São Paulo

Estudantes protestam contra a ditadura em seu segundo aniversário, em 1966. No fim do mesmo ano seria decretado o AI-4.*

Estudantes protestam contra a ditadura em seu segundo aniversário, em 1966. No fim do mesmo ano seria decretado o AI-4.*

Por: Tales Pinto

Artigos Relacionados