Valor de pi

O valor de pi é obtido por aproximação e é dado por um número irracional, ou seja, um decimal não periódico com infinitas casas decimais.

Por Luiz Paulo Moreira Silva
Pi é um número irracional cuja aproximação mais comum é 3,14
Pi é um número irracional cuja aproximação mais comum é 3,14
PUBLICIDADE

Pi é um número irracional representado pela letra grega π. Isso significa que esse número é real e não é racional, ou seja, não existe maneira de representá-lo na forma de fração. Em outras palavras, pi é um decimal infinito e não periódico, ou seja, os algarismos de pi, após a vírgula, não seguem nenhum padrão de formação.

O número pi foi obtido inicialmente pela necessidade de encontrar o comprimento de círculos. Os povos da antiguidade perceberam que, em todos os círculos, o resultado encontrado na divisão do perímetro pelo diâmetro é um número próximo da constante 3,1. Hoje sabemos que esse número tem infinitas casas decimais e as 20 primeiras são:

π = 3,14159 26535 8979323846…

Encontrando o valor de pi

Existem muitos métodos que podem ser usados para encontrar o valor de pi. Sabemos que a primeira tentativa, usando um método mais bem elaborado, veio de Arquimedes. Sua ideia foi simples: calcular o perímetro de polígonos regulares inscritos e circunscritos em um mesmo círculo com um número muito grande de lados.

Para compreender melhor o que foi feito por Arquimedes, observe um quadrado inscrito e um quadrado circunscrito em uma circunferência de raio r.

Seja p o perímetro do quadrado inscrito, P o perímetro do quadrado circunscrito e C o perímetro da circunferência podemos afirmar que:

p < C < P

Dividindo toda a desigualdade por 2r, temos:

 p C
2r     2r    2r 

Veja que C = 2πr, portanto, π = C/2r. Substituindo isso na desigualdade acima, temos:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

 p < π < 
2r           2r

Assim, podemos afirmar que o valor de pi está entre as medidas dos perímetros dos quadrados, ambos divididos por 2r.

Apenas olhando para a imagem, podemos notar que os perímetros dos quadrados não se aproximam muito do perímetro da circunferência. Isso significa que o cálculo do valor aproximado de pi não terá um resultado muito satisfatório. Quanto mais próximos forem os perímetros dos polígonos do perímetro da circunferência, mais próximo do valor verdadeiro será o resultado encontrado para o valor de pi.

Na figura a seguir, observe um octógono inscrito e um circunscrito em uma circunferência de raio r. Veja que os perímetros dessas figuras aproximam-se mais do perímetro da circunferência do que o ocorrido no exemplo anterior com os quadrados.

A ideia de Arquimedes foi aumentar o número de lados do polígono inscrito, observando que o circunscrito deve ter o mesmo número de lados, o máximo possível. Quanto mais lados tiver o polígono, maior será a proximidade de seu perímetro com o perímetro do círculo e menor será a diferença encontrada na desigualdade:

 p C
2r     2r    2r

Após construir polígonos de 96 lados, Arquimedes conseguiu a seguinte desigualdade:

 223  < π < 22
71             7

Isso faz com que o valor de pi esteja entre 3,140845 e 3,142857.

Outras aproximações que seguem esse mesmo método foram feitas ao longo da história, mas atualmente é muito mais fácil encontrar aproximações do valor de pi com o uso de calculadoras e computadores.

DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Regra de três
Listamos os três erros mais comuns em regra de três.

..................................................

Fígado
Você conhece todas as funções desse órgão no organismo?

..................................................