Alunos Online


Analisando o discurso em um texto narrativo

Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte A análise discursiva é uma das técnicas para se desenvolver uma boa leitura

A análise discursiva é uma das técnicas para se desenvolver uma boa leitura

Ao nos depararmos com todo e qualquer tipo de texto, percebemos que o mesmo tem uma mensagem a nos transmitir, seja para nos informar sobre algo, para nos orientar sobre um determinado assunto, para nos convencer a respeito de algo que se pretenda dizer, e muitos outros.

A ideia transmitida refere-se ao discurso, ou seja, é o instrumento comunicativo estabelecido entre os interlocutores.

Em se tratando da língua escrita, o discurso é apresentado por um porta-voz, denominado narrador, que promove a comunicação por meio de três vertentes básicas: através de um discurso direto, um discurso indireto e um indireto livre.

Para melhor fixarmos nossos conhecimentos sobre o assunto, vejamos o conceito de cada um destes, seguidos de seus respectivos exemplos:

Discurso Direto - É aquele em que o narrador reproduz as falas dos personagens de maneira literal, ou seja, o diálogo é estabelecido apoiando-se no uso dos verbos de elocução para exatamente enfatizar o momento em que ocorre a comunicação propriamente dita. Entre eles, destacam-se os verbos: dizer, falar, responder, perguntar, pedir, entre outros.

Vejamos um exemplo:

A professora pediu silêncio e falou:
- Vocês estão preparados para o simulado?
Os alunos responderam:
- Estamos sim, mas queríamos que o tempo fosse prolongado, pois as questões são muito complexas.


Podemos perceber que, por tratar-se de um diálogo, há a incidência marcante dos sinais de pontuação, uma característica predominante nesse tipo de discurso.

Discurso Indireto - É quando o narrador se ocupa em reproduzir as falas de uma forma indireta, transcrevendo-as através de suas próprias palavras, sem alterar o sentido. Tomando como exemplo o já citado anteriormente:

A professora pediu silêncio aos alunos perguntando se eles estavam preparados para o simulado, os mesmos responderam que sim, mas que precisavam de um tempo maior para a realização da prova, em razão da complexidade das questões.

Temos aí uma fiel representação do que foi dito no que se refere à mensagem, porém, representada pela voz do narrador.

Discurso Indireto Livre - É uma espécie de fusão entre as falas dos personagens e do narrador, não havendo, portanto, o uso dos verbos de elocução.

Quero saber se vocês estão preparados para o simulado. Perguntou rapidamente a professora.

Notamos que num primeiro momento houve a reprodução explícita da mensagem proferida pela professora, e em outro, a participação do narrador.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Aproveite para conferir as nossas videoaulas relacionadas ao assunto:

Carregando...

Carregando...

Carregando...