Alunos Online


Classificação das consoantes

As consoantes são fonemas que produzimos e que atravessam obstáculos para serem pronunciados. Na Língua Portuguesa, temos 19 consoantes.

Por: Luciana Kuchenbecker Araújo Consoantes são fonemas que resultam da passagem do ar que sai dos pulmões pela boca/nariz e encontram obstáculos para serem pronunciados

Consoantes são fonemas que resultam da passagem do ar que sai dos pulmões pela boca/nariz e encontram obstáculos para serem pronunciados

Consoantes são fonemas (sons) que encontram obstáculos durante a passagem pelo aparelho fonador. Quando emitimos qualquer tipo de som, o ar que sai dos nossos pulmões passa pelas pregas vocais e sai pela boca ou pelo nariz e boca. Quando as consoantes são emitidas, essa corrente de ar passa por alguns obstáculos a mais do que quando emitimos as vogais.

Para serem pronunciadas, as consoantes precisam dos lábios, dentes, língua, palato, véu palatino, úvula ou qualquer outro obstáculo encontrado no aparelho fonador.

  • Na Língua Portuguesa, há 19 consoantes:

/ B /, / C /, / D /, / F /, / G /, / J /, / K /, / L /, / M /,

/ N /, / P /, / Q /, / R /, / S /, / T /, / V /, / W /, / X /, / Z /

Observe que a letra 'H' não está no quadro de consoantes da Língua Portuguesa. Isso porque a letra 'H' é diacrítica, ou seja, não produz nenhum som sozinha.

Classificação das consoantes

As consoantes podem ser classificadas de acordo com a função das pregas vocais, das cavidades bucal e nasal, modo de articulação e ponto de articulação.

Função das pregas vocais:

1 - Surdas ou desvozeadas

As consoantes surdas não passam pelas pregas vocais e, por isso, não as fazem vibrar.

Exemplos: /p/, /f/, /t/, /s/, /x/, /k/.

2 - Sonoras ou vozeadas

As consoantes sonoras passam pelas pregas vocais, fazendo-as vibrar.

Exemplos: /b/, /v/, /d/, /z/, /j/, /g/, /m/, /n/, /nh/, /l/, /lh/, /r/, /rr/.

    Função das cavidades bucal e nasal:

      1 - Cavidade nasal

      A função da cavidade nasal é promover a liberação da corrente de ar que sai pela boca e pelo nariz ao mesmo tempo.

      Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

      Exemplos: /m/, /n/, /nh/.

      2 - Cavidade oral

      A função da cavidade oral é promover a liberação da corrente de ar que sai dos pulmões e passa somente pela boca. Com exceção de /m/, /n/, /nh/, todos os outros fonemas consonantais são orais.

      Classificação quanto ao modo de articulação:

      1 - Consoantes oclusivas

      As consoantes oclusivas são pronunciadas com o aparelho fonador fechado, bloqueando a saída do ar.

      Exemplos: /p/, /b/, /m/.

      2 - Consoantes constritivas

      As consoantes constritivas são pronunciadas com o aparelho fonador fechado, bloqueando parcialmente a passagem do ar. Elas são classificadas em fricativas, laterais, vibrantes ou nasais.

      Fricativas – São as consoantes pronunciadas a partir da fricção do ar em um obstáculo.

      Exemplos: /f/, /v/, /s/, /z/, /x/, /j/.

      Laterais – São as consoantes pronunciadas a partir da passagem do ar pelo canto da boca.

      Exemplos: /l/, /lh/.

      Vibrantes – São as consoantes pronunciadas a partir da vibração de algum dos elementos do aparelho fonador.

      Exemplos: /r/, /rr/.

      Nasais – São as consoantes pronunciadas a partir da saída do ar pelo nariz.

      Exemplos: /m/, /n/, /nh/.

      Classificação quanto ao ponto de articulação:

      O ponto de articulação é o lugar onde a corrente de ar é articulada: nos lábios, nos dentes, no palato, entre outros.

      Bilabiais – São as consoantes pronunciadas a partir do contato entre o lábio superior e o lábio inferior.

      Exemplos: /p/, /b/, /m/.

      Dentais – São as consoantes pronunciadas pelo contato entre a língua e os dentes.

      Exemplos: /t/, /d/.

      Alveolares – São as consoantes pronunciadas pelo contato entre a língua e os alvéolos dos dentes.

      Exemplos: /s/, /z/, /l/, /r/, /rr/.

      Labiodentais – São as consoantes pronunciadas pelo contato entre os lábios e a arcada superior dos dentes.

      Exemplos: /f/, /v/.

      Palatais – São as consoantes pronunciadas pelo contato entre a língua e o palato (dorso da língua + céu da boca).

      Exemplos: /x/, /j/, /lh/, /nh/.

      Velares – São as consoantes pronunciadas pelo contato entre a parte traseira da língua e o véu palatino (parte superior da língua + palato mole).

      Exemplos: /k/, /g/.