Alunos Online


Modalidades de rimas segundo o tipo de som

Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte Segundo o tipo de som utilizado, as rimas apresentam modalidades distintas

Segundo o tipo de som utilizado, as rimas apresentam modalidades distintas

Dado o caráter subjetivo que norteia a linguagem literária, o escritor, consoante os efeitos que pretende obter mediante a construção do discurso, utiliza-se de recursos distintos, indo desde as figuras de linguagem e perpassando por aqueles considerados “meios” formais, relacionados à própria estética do poema em si, como é o caso das rimas, métrica e refrão. Elas, as rimas, podem se apresentar segundo critérios diversos, tais como a escolha das palavras, o posicionamento em que se encontram distribuídas no verso e quanto ao tipo de som que apresentam – alvo da discussão que ora se faz presente.

É preciso, portanto, que você estabeleça familiaridade com tal aspecto, no intuito de compreender a essência do trabalho com a linguagem que se manifesta por meio desse gênero: o lírico, por excelência.    

Rimas consoantesSão aquelas que apresentam correspondência sonora desde a última vogal tônica do verso. Analise, pois, um exemplo:

A máscara

Eu sei que há muito pranto na existência,
Dores que ferem corações de pedra,
E onde a vida borbulha e o sangue medra,
Aí existe a mágoa em sua essência. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

No delírio, porém, da febre ardente
Da ventura fugaz e transitória
O peito rompe a capa tormentória
Para sorrindo palpitar contente.
[...]

                                          Augusto dos Anjos

A semelhança se manifesta entre os páreos: existência/ essência– pedra/medra– ardente/contente– transitória/tormentória 

Rimas assoantes ou toantesCaracterizam-se como aquelas que apresentam semelhança sonora apenas entre as vogais, considerando a última vogal tônica até o final do verso. Observe um caso que representa a modalidade em questão:

Da lagoa da Estaca a Apolinário

[...]

Rio menino, eu temia
aquela grande sede de palha,
grande sede sem fundo
que águas meninas cobiçava.
Por isso é que ao descer
caminho de pedras eu buscava,
que não leito de areia
com suas bocas multiplicadas.
[...]

                    João Cabral de Melo Neto

Tal aspecto se faz presente entre o páreos “cobiçava/buscava”.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto: