Alunos Online


Morfemas

Na imagem que introduz este texto há um espiralado que apresenta um vocábulo que fundamenta nossa discussão: palavras. Sim, elas mesmas... infinitas? Não exageremos tanto assim, mas afirmemos que são distintas, variadas.

Delas fazemos uso, cotidianamente. Assim, dada tal recorrência, bem como a importância que a elas devemos atribuir, pautemos nosso intento no sentido de discorrer acerca da sua estrutura e formação. Desta feita, tornemo-nos um pouco mais familiarizados com os morfemas, a partir da análise do exemplo a seguir:

Terra
       Terreiro
                  Aterrar

                           Terraplanagem
                                                 Aterrisagem
                                                                  Terraço

Constatamos que em todas as palavras há um elemento principal, imutável, que se encontra em consonância com outros, ora evidenciados antes, ora depois do elemento principal. A todos eles, inclusive esse estático, damos o nome de morfemas, que, conceituados, classificam-se como as unidades mínimas de significação capazes de fornecer sentido à palavra formada.

Dessa forma, encontram-se representados por:

Radical

Como antes expresso, o elemento que não sofre nenhuma alteração, comum a todas as palavras, denomina-se radical. No exemplo antes analisado, caracteriza-se pelo “terr-”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Afixos

Denominam-se afixos aqueles que se juntam ao radical, formando uma nova palavra. Quando essa junção se dá antes dele (do radical) temos o que se denomina prefixos, como é o que ocorre na palavra “aterrar”.

Pode também ocorrer que tal processo esteja demarcado depois do radical, é quando temos os chamados sufixos, como, por exemplo, a palavra “terraplanagem”.

Desinências

As desinências são aqueles elementos que indicam as flexões das palavras, podendo ser elas:

- Nominais: essas indicam o gênero e o número dos vocábulos. Dessa forma, temos “menino/menina” (FLEXÃO DE GÊNERO); “meninos/meninas” (FLEXÃO DE NÚMERO);

- Verbais: são aquelas que indicam o modo, tempo, número e pessoa das formas verbais, assim como nos exemplos a seguir:

canta (modo indicativo); cantava (pretérito imperfeito do modo indicativo); cantávamos (indicando a primeira pessoa do plural do modo indicativo)

Vogal temática

Aquele elemento que possibilita a ligação entre o radical e as desinências, como em:

casa (vogal temática)

À fusão do radical + a vogal temática damos o nome de tema.

fala (vogal temática)
Vogais e consoantes de ligação

Tanto as vogais quanto as consoantes de ligação são aqueles elementos destituídos de valor significativo, pois apenas se intercalam a outros a fim de facilitar a pronúncia de uma determinada palavra. Como exemplos, citamos:

cafeicultura (vogal de ligação)

Chaleira (consoante de ligação)

Morfemas são unidades mínimas de significação capazes de fornecer sentido à palavra que constituem

Morfemas são unidades mínimas de significação capazes de fornecer sentido à palavra que constituem

Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte