O sentido polissêmico das palavras

Por Vânia Maria do Nascimento Duarte
A análise contextual representa um fator preponderante
A análise contextual representa um fator preponderante
PUBLICIDADE

De forma inegável, concluímos que o dinamismo do qual se constitui a língua reflete de forma direta numa verdadeira ampliação de seu léxico. Prova disso são os chamados neologismos semânticos – ocorrência manifestada por meio de novas significados a que damos a uma infinidade de vocábulos, tendo como base aquele tido como convencional, como por exemplo: O diretor ficou uma arara quando soube dos acontecimentos.

E por falar em tal dinamismo, citamos a polissemia como um típico exemplo desta ocorrência. O fato se justifica em decorrência de uma mesma palavra assumir distintos significados, levando em consideração o contexto em que se encontra inserida. Vejamos, pois, alguns casos:

A garota está com o braço ferido.
Aqui, constatamos que se trata de um membro do corpo humano.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


O braço do sofá apresenta algumas deformações.
Já neste contexto ele adquire o conceito de um dos elementos que compõe o móvel em evidência (o sofá).



A manga é minha fruta predileta.
Identificamos que o sentido refere-se à fruta propriamente dita.



Você deve consertar a manga do vestido, pois está rasgada.
Neste, o significado é relativo a uma das partes que compõem o vestuário (aqui representado pelo vestido).



Romperam-se as primeiras badaladas do sino da Matriz.
A ideia manifesta-se pelo ato de iniciar, principiar.



Como era previsível, os noivos romperam-se definitivamente.
O contexto permite-nos reconhecer que se trata de algo relacionado à separação, desenlace.

DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Regra de três
Listamos os três erros mais comuns em regra de três.

..................................................

Fígado
Você conhece todas as funções desse órgão no organismo?

..................................................