Alunos Online


Objeto indireto

O objeto indireto é um termo da oração que complementa o sentido de um verbo transitivo indireto.

Por: Mariana Rigonatto O objeto indireto complementa o sentido do verbo transitivo indireto

O objeto indireto complementa o sentido do verbo transitivo indireto

Observe os termos destacados na oração seguinte:

Ela gosta de sapatos.

É possível perceber que o termo “de sapatos” completa o sentido do verbo gostar, ou seja, se interrompêssemos a oração no verbo, ele necessitaria de uma informação complementar para possuir um sentido completo. Assim, veja:

Ela gosta... (de quê?)

...de sapatos.

A esse tipo de verbo que necessita de complemento damos o nome de verbo transitivo.

Além disso, podemos notar que o verbo liga-se ao seu complemento por meio de uma preposição:

Ela gosta de sapatos.

Quando um verbo transitivo liga-se ao seu complemento por meio de uma preposição, dizemos que ele é transitivo indireto.

Por fim, definimos como objeto indireto o complemento verbal que se liga por meio de uma preposição a um verbo transitivo indireto. Dessa forma, temos:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Sujeito

Verbo transitivo indireto

Objeto indireto

Ela

gosta

de sapatos

O objeto indireto é, então, o complemento de um verbo transitivo indireto, ou seja, o complemento que se liga ao verbo por meio de preposição. Esse complemento verbal pode ser representado por:

a) Substantivo:

Falamos de vários assuntos relevantes.

b) Pronome (substantivo):

Todos dialogavam com elas.

c) Numeral:

Pedro optou por este último.

d) Palavra ou expressão substantivada:

Não desobeço aos mais velhos.

e) Oração:

Esqueci de tomar o remédio.

Atenção!

Quando o objeto indireto for representado pelos pronomes oblíquos me, te, lhe, nos, vos, lhe e pelo pronome reflexivo se, não será precedido de preposição.

Exemplo:

A presença dele me agradava muito.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

-