Alunos Online


Orações subordinadas adjetivas: aspectos semânticos

Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte As orações subordinadas adjetivas se subdividem em categorias, nas quais subsistem aspectos semânticos

As orações subordinadas adjetivas se subdividem em categorias, nas quais subsistem aspectos semânticos

Permeados no universo linguístico, deparamo-nos com uma multiplicidade de conceitos, os quais levam em conta regras, mas não se deixam desvencilhar de algumas raras exceções, enfim, particularidades parecem não faltar, umas mais complexas, outras nem tanto assim. Assim, compondo o rol dessas primeiras, as orações subordinadas são constituídas de três grandes grupos: as substantivas, adjetivas (alvo de nossa discussão) e as adverbiais.

Como o espaço que nos é reservado se destina ao estudo das adjetivas, em específico, voltemos nosso olhar para esse grupo que, comparado aos outros dois, apresenta-se em pequena escala – subdividindo-se em adjetivas restritivas e adjetivas explicativas. A diferença que demarca ambas? Todo usuário, por mais desavisado que seja, irá apontar a presença da vírgula como fator determinante, embora esse aspecto não seja o único, o mais relevante.  Para tanto, no intuito de compreendermos como se demarcam as características que nelas sobressaem, partamos do princípio de que o significado que se encaixa numa modalidade nem sempre será o mesmo que prevalecerá em outra. Dessa forma, atendendo ao intuito de checarmos o porquê de uma se constituir do uso da vírgula, enquanto que a outra se apresenta desprovida de tal sinal, analisemos os aspectos semânticos nelas impressos, tendo em vista a relação que estabelecem com o termo que caracterizam. Assim, veja as singularidades que diferenciam as adjetivas restritivas das adjetivas explicativas:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

* Orações subordinadas adjetivas restritivas – São assim conceituadas pelo fato de que, nessa relação, cumprem o papel de restringir, individualizar o sentido do termo antecedente. Observemos os exemplos:

O aluno que obteve nota máxima na produção textual será premiado. 

Há de se constatar que o termo que se encontra em negrito individualiza, particulariza, restringe o termo antecedente, anterior, no caso, o aluno. Assim, trocando em “miúdos”, trata-se somente daquele aluno que obteve a conquista em referência (nota máxima).

* Orações subordinadas adjetivas explicativas- Assim se caracterizam pelo fato de realçarem um detalhe, ampliarem dados, conferirem informações adicionais acerca do termo anterior, o qual já se encontra suficientemente demarcado. Acerca delas, constatemos um caso representativo:

Rio de Janeiro, que é considerada a cidade maravilhosa, recebe uma diversidade de turistas durante todo o ano.

O termo, desta vez, encontra-se demarcado entre vírgulas e traz uma informação, um detalhe a mais acerca da cidade em referência. Sem nenhuma dúvida, essa informação faz parte das inferências, do conhecimento do interlocutor. Cabe assim ressaltar que, não somente pelo fato de se encontrar entre o sinal de pontuação, mas por acrescer um sentido a mais ao termo antecedente, assim se denomina: oração subordinada adjetiva explicativa.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto: