Alunos Online


Pronomes substantivos e Pronomes adjetivos - características que os demarcam

Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte Tais elementos constituem-se de características distintas

Tais elementos constituem-se de características distintas

Ao analisarmos acerca do conceito que se atribui à classe em referência, constatamos que se revela como o termo que substitui ou acompanha o substantivo, relacionando-o às três pessoas do discurso – tanto no singular (eu, tu, ele/ela), quanto no plural (nós, vós, eles/elas). 

Entretanto, o que devemos notar é que, além desse conceito, ora concebido como básico, há também outros aspectos passíveis de nota. Sendo assim, no intuito de ampliarmos ainda mais nossos conhecimentos no que tange à classe em referência, direcionemos nossa atenção rumo a evidenciar as diferenças que demarcam os pronomes substantivos e os adjetivos. Para tanto, basear-nos-emos no exemplo mencionado abaixo:


Meu pai é um companheiro de todas as horas.

Ao nos atermos ao termo em destaque, logo constatamos que se trata de um pronome possessivo. Mas, analisando-o de uma forma mais abrangente, percebemos que ele não somente acompanha o substantivo “pai”, mas também lhe confere uma característica em especial (ao se referir a uma determinada pessoa, ou seja, o pai desta ou daquela pessoa, por excelência). Dessa forma, dizemos que em virtude de tais características ele se classifica como pronome possessivo adjetivo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Voltemos, pois, nossa atenção a este outro enunciado.


Meu pai é um companheiro de todas as horas, mas o seu não.


Aqui neste contexto, torna-se perceptível que o pronome “seu”, também classificado como possessivo, agora substitui o substantivo “pai”. Tal constatação se efetiva à medida que proferimos o seguinte discurso:


Meu pai é um companheiro de todas as horas, mas o seu (pai) não.


Com base nesse pressuposto, tendo em vista sua finalidade, podemos dizer que estamos diante de um pronome possessivo substantivo.