Alunos Online


Regência Nominal

Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte A regência nominal se caracteriza pela relação estabelecida entre o nomes e seus complementos

A regência nominal se caracteriza pela relação estabelecida entre o nomes e seus complementos

Assim como temos, mediante os estudos gramaticais, a ocorrência linguística que se manifesta pela relação que se estabelece entre os verbos e seus respectivos complementos (regência verbal), temos também aquela que se dá entre os nomes, ora manifestados pelos adjetivos, substantivos e advérbios, e os complementos que os acompanham. Essa relação representa o alvo de nossa discussão: a regência nominal.       

Tal ocorrência muitas vezes estabelece semelhança com a regência verbal, na qual determinados verbos, necessariamente, requerem o uso de preposições. Assim também ocorre na regência nominal.

Nesse sentido, com vistas a fazer com que você amplie ainda mais seu conhecimento acerca do assunto em pauta, apresentamos abaixo uma relação dos casos que o representam. Observe:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Substantivos

admiração – a, por
atentado – a, contra
capacidade - e, para
dúvida – acerca de, em, sobre
impaciência - com
medo – a, de
respeito – a, com, para com, por

Adjetivos

acessível - a
agradável – a

alheio – a, de
ansioso – de, para, por
benéfico – a
capaz – de, para
compatível – com
diferente – de
equivalente – a
favorável – a
generoso – com
habituado – a
liberal – com
necessário – a
nocivo – a
semelhante – a
suspeito – de
vazio – de

Advérbios

longe – de

perto – de
favoravelmente – a
relativamente – a (os demais advérbios terminados em “-mente” são acompanhados da preposição “a”).