Alunos Online


Semana retrasada?

Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte Semana retrasada diz respeito àquela semana anterior à atrasada

Semana retrasada diz respeito àquela semana anterior à atrasada

Semana retrasada encontrei um amigo que não via há um tempo... Eis que estamos diante de uma expressão manifestada cotidianamente, sobretudo em se tratando da oralidade. Pois bem, nosso propósito é fazer com que você compreenda algumas características que norteiam tal trivialidade, e, assim, fazer com que perceba que se trata de um sutil equívoco, mas passível de ser retificado. 

O fato é que, muitas vezes, ao proferir o vocábulo “retrasada”, o emissor nem sempre se dá conta de que as palavras carregam uma carga semântica (relativa ao significado que representam), e por esta razão têm de ser devidamente analisadas, de modo a evitar possíveis enganos. Nesse sentido, a intenção que se manifesta por meio de tal enunciação é a de fazer referência à semana anterior à passada. Na verdade, a ela devemos atribuir a qualidade de atrasada, não de retrasada, mesmo que a princípio possa parecer um pouco estranho.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assim sendo, recapitulemos alguns pontos de notável relevância:

Última semana antes da atual = passada

Semana anterior à passada = atrasada

Mas, afinal, em que circunstâncias devemos utilizar “retrasada”? Será mesmo que tal vocábulo não existe?

Existe sim, tanto é que devemos utilizá-lo para fazer referência àquela semana anterior à atrasada. Percebeu a diferença? Assim, tendo em vista a cronologia, é possível afirmar: 

Semana retrasada encontrei um amigo que não via há um tempo.

Desde que prevaleçam os aspectos anteriormente mencionados.