Alunos Online


Tipos de homonímia

A homonímia é um fenômeno recorrente na escrita, sendo uma das causas da ocorrência dos erros ortográficos e de transtornos na comunicação.

Por: Luana Castro Alves Perez A homonímia pode ocorrer entre palavras homófonas e homógrafas e, apesar de não causar prejuízo na comunicação, deve ser evitada na escrita

A homonímia pode ocorrer entre palavras homófonas e homógrafas e, apesar de não causar prejuízo na comunicação, deve ser evitada na escrita

A língua portuguesa é conhecida por sua singularidade e seu caráter analítico e requer de nós, seus falantes, diversos cuidados, especialmente no que se refere à linguagem escrita. Entre suas diversas nuances, cujo estudo é pertinente para evitarmos equívocos, está um interessante fenômeno conhecido como homonímia.

A homonímia consiste na existência de duas ou mais formas que, apesar de apresentarem mesma estrutura fonológica e mesmos fonemas, são distintas em sua significação ou função. Apesar da homonímia não causar prejuízo na comunicação, visto que é um fenômeno linguístico corriqueiro na modalidade escrita, é importante ressaltar que ela pode causar transtornos ao entendimento do leitor. Para que isso não aconteça, vamos analisar alguns exemplos de homonímia e suas diferentes classificações.

Classificações da homonímia:

  • Homônimas homógrafas: são formadas pelas mesmas letras, porém com fonemas distintos. São iguais na escrita, contudo, diferem na pronúncia. Observe os exemplos:

O governo do estado de Minas Gerais nomeou os candidatos aprovados no concurso. (substantivo)

Eu governo minha própria vida. (derivação do verbo governar)

O carpinteiro pregou a madeira na mobília. (cravou pregos)

O pastor pregou para o seu rebanho. (deu sermão)

A mulher ficou séria após ouvir a conversa dos colegas. (adjetivo)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A conversa seria para debater as mudanças no departamento. (flexão do verbo ser)

  • Homônimas homófonas: iguais na pronúncia e diferentes na escrita, as palavras homônimas homófonas costumam gerar muitas dúvidas e erros na linguagem escrita. Observe os exemplos:

O concerto da orquestra filarmônica teve início às vinte horas. (substantivo, composição sinfônica)

O mecânico foi o responsável pelo conserto do carro. (derivação do verbo consertar)

A viagem dos estudantes para a Inglaterra foi remarcada para o final do mês. (substantivo)

É provável que os estudantes viajem para a Inglaterra no final do mês. (flexão do verbo viajar)

  • Homônimos perfeitos: as palavras homógrafas representam o tipo de homonímia perfeita quando são iguais na escrita, na pronúncia, na estrutura fonológica e nos fonemas. Sua compreensão depende do contexto linguístico no qual está inserido. Observe os exemplos:

Ainda é cedo, espere um pouco mais. (advérbio)

Eu cedo meus bens às obras assistenciais. (verbo)

Viajaremos para a praia no início do verão. (substantivo)

Os namorados verão juntos o pôr do sol. (flexão do verbo ver)

O funcionário foi ao banco pagar contas para o chefe.(instituição financeira)

As crianças sentaram-se no banco da praça.(assento)