Alunos Online


Uso da vírgula antes da conjunção “mas”

O uso da vírgula antes da conjunção “mas” será obrigatório quando ela estiver ligando orações em um mesmo período e indicar ideia oposta à oração principal.

Por: Luana Castro Alves Perez Nem sempre o uso da vírgula antes da conjunção adversativa “mas” será obrigatório

Nem sempre o uso da vírgula antes da conjunção adversativa “mas” será obrigatório

O emprego da vírgula certamente está entre as questões que mais provocam dúvidas na hora de transferir as ideias para a modalidade escrita. Para usar esse sinal de pontuação adequadamente, é preciso conhecer algumas regrinhas da língua portuguesa, regras que facilitam em muito a vida de quem precisa escrever, seja na escola e na universidade, seja na vida profissional. Uma vírgula no lugar errado pode gerar diversos problemas textuais, entre eles a ambiguidade, efeito indesejado que compromete a clareza das ideias e argumentos.

Hoje vamos falar sobre o uso da vírgula antes da conjunção “mas”. Você já deve ter ouvido falar que, antes das conjunções adversativas – mas, contudo, entretanto, todavia, contudo –, o emprego desse sinal de pontuação é obrigatório, não é mesmo? Todavia, essa história não é bem assim, pois existem situações em que ele será facultativo. Quer aprender mais sobre o assunto? Fique atento à explicação e bons estudos!


Quando houver a ideia de adição, o emprego da vírgula antes do “mas” será facultativo

Uso da vírgula antes da conjunção adversativa “mas”

Da obrigatoriedade do uso da vírgula antes da conjunção “mas”:

→ Quando a conjunção ligar orações em um mesmo período, indicando relação de oposição com a oração principal. Observe:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ele treinou bastante, mas não foi convocado para a seleção brasileira de atletismo.
Fernanda adora ler, mas ultimamente não tem tido tempo para a leitura.
Os alunos estudaram muito, mas não foram bem nos exames finais.

→ A mesma regra deve ser aplicada para as demais conjunções adversativas:

Foram a Paris, entretanto não visitaram a Torre Eiffel.
A sessão já havia começado, contudo optaram por assistir ao filme.
Ele discursou durante horas, porém não disse nada relevante.

Do uso facultativo da vírgula antes da conjunção adversativa “mas”:

→ Quando a conjunção adversativa “mas” estiver no meio do período e possuir valor de adição, o uso da vírgula será facultativo. Observe os exemplos:

O Brasil não jogou bem mas também não perdeu.
ou
O Brasil não jogou bem, mas também não perdeu.

Não tenho pressa mas também não precisa demorar demais!
ou
Não tenho pressa, mas também não precisa demorar demais!

Importante!

→ Quando a conjunção “mas” aparecer no início da frase e depois dela aparecer uma frase intercalada, esta deverá vir entre vírgulas:

Mas, mesmo depois de tanto esforço, não conseguiu concluir a faculdade.

Mas, mesmo depois de tantas alegrias, o casal optou pela separação.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto: