Vanguardas Europeias

As Vanguardas Europeias foram movimentos artísticos que marcaram a ruptura com as tradições do século XIX e influenciaram muito todas as artes.

Por Mayra Gabriella de Rezende Pavan
O grafite hoje representa um movimento de vanguarda, pois é a arte das ruas que luta para romper com as diferenças.*
O grafite hoje representa um movimento de vanguarda, pois é a arte das ruas que luta para romper com as diferenças.*
PUBLICIDADE

História e Literatura em geral caminham juntas, por isso, para entender um movimento ou uma escola literária, é importante estudar o momento histórico vivenciado por aquela sociedade. Por isso, para estudar as Vanguardas Europeias, é necessário rever o momento histórico da Europa no século XX. Acompanhe alguns acontecimentos do período:

  • Do início do século até a 1ª Guerra Mundial, a Europa viveu a “Belle Époque”, período de euforia pelo progresso, pela velocidade, pelas vantagens da industrialização;
  • Nas ciências, Sigmund Freud inaugurou a psicanálise com a publicação de “A interpretação dos sonhos”;
  • O sentimento nacionalista consolidou-se com a 1ª Guerra Mundial, com isso, várias correntes ideológicas surgiram: nazismo, fascismo etc.

O mundo estava em “ebulição” e as artes não poderiam ficar estáticas, algo precisaria ser feito para que o conservadorismo herdado pelo século XIX não perdurasse. Esse pensamento unia os vários movimentos artísticos, surgindo, assim, as Vanguardas, que, por terem surgido na Europa, foram denominadas de Vanguardas Europeias.

Vanguarda, literalmente, representa o batalhão militar que precede as tropas de ataque em uma guerra. Por isso, todos os movimentos que estão à frente de seu tempo são denominados assim. Esses movimentos buscavam destruir o conceito que o tradicionalismo dava ao belo, criando novas referências para a pintura, literatura, música e a escultura, para isso, surgiram algumas estéticas literárias. As principais, que inclusive influenciaram o Modernismo brasileiro, foram:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Cubismo: Esse movimento teve origem na França, em 1907, com o pintor espanhol Pablo Picasso. A justaposição de diferentes planos angulares e a colagem (feita com diferentes materiais) marcaram essa estética;
  • Expressionismo: Como o próprio nome sugere, esse movimento foi comandado pela expressão, era uma arte que surgia de dentro para fora. A forma como o artista olhava o mundo estava apresentada em sua arte, não fazendo distinção entre o físico e o psíquico;
  • Dadaísmo: As manifestações dadaístas foram marcadas pela agressividade, deboche; elas buscavam abolir a lógica, a razão, a organização;
  • Futurismo: Marinetti foi o principal líder desse movimento marcado pela agressividade e provocação. Seus participantes rejeitavam o moralismo e o passado;
  • Surrealismo: Era voltado para as artes visuais e buscava exprimir o valor real do pensamento, devendo ir além da consciência cotidiana.

*Créditos da Imagem: Evgenia Bolyukh e Shutterstock.com

DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Regra de três
Listamos os três erros mais comuns em regra de três.

..................................................

Fígado
Você conhece todas as funções desse órgão no organismo?

..................................................