Alunos Online


Combustíveis Fósseis

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça Refinaria onde se obtém os derivados do petróleo, principal combustível fóssil usado atualmente

Refinaria onde se obtém os derivados do petróleo, principal combustível fóssil usado atualmente

Os combustíveis fósseis são aqueles que vieram da decomposição de seres vivos, animais e vegetais, através de milhares de anos. Entre eles, os principais são o petróleo, o gás natural e o carvão.

  • Petróleo:

A teoria mais aceita para a formação do petróleo é que restos de organismos vegetais e animais (seres marinhos, principalmente unicelulares) se acumularam em camadas sedimentares no fundo de lagos e mares, onde o oxigênio foi preservado, e foram então submetidos à ação de bactérias, do calor e da pressão das camadas superiores, sofrendo decomposição. Esse petróleo originado ficou então preso nos poros no interior da rocha.

Essa decomposição demorou realmente muito tempo; estima-se que seja algo em torno de 10 milhões de anos a 500 milhões de anos.

Extração de petróleo

O petróleo é uma mistura de hidrocarbonetos (compostos orgânicos formados somente por ligações entre átomos de carbono e hidrogênio), podendo conter, também, enxofre, nitrogênio, oxigênio e alguns metais em sua composição.

O petróleo não costuma ser usado puro, ele é refinado e seus derivados são amplamente usados na sociedade como combustíveis e também como matérias-primas para a produção de quase todos os plásticos.

Abaixo temos alguns derivados do petróleo e suas aplicações. Observe que a forma e as propriedades deles estão relacionadas à quantidade de átomos que formam suas cadeias, ou seja, quanto mais átomos de carbono a cadeia tiver, mais pesado e viscoso será o derivado.  

Frações dos derivados do petróleo e suas aplicações

Entre essas frações, a que possui maior aplicação é a gasolina.

  • Gás natural:

O gás natural é encontrado principalmente em jazidas, geralmente em associação ao petróleo, pois ele também é um combustível fóssil, sendo resultado da degradação ao longo de milhares de anos de matéria orgânica, como restos de animais, flores, plantas e outros.

Esse gás é basicamente composto de metano (CH4) e outros hidrocarbonetos leves. Ele vem sendo usado para gerar energia elétrica, em indústrias, para geração de calor, e como combustível de automóveis.

Estima-se que o Brasil tenha reservas de gás natural da ordem de 650 milhões de m3, que ficam principalmente na bacia de Campos. Esse gás é transportado por meio de gasodutos e é um ótimo combustível porque tem poder calorífico alto e também é menos poluente que os derivados do petróleo, pois possui menos impurezas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tanque contendo gás natural

  • Carvão:

O carvão é resultado da decomposição apenas de matéria orgânica de origem vegetal, e não animal, como se dá no caso do petróleo e do gás natural. O carvão passou a ser bastante utilizado com o advento da Revolução Industrial em meados do século XVII. Sua queima produzia vapor que movia as máquinas das fábricas, as locomotivas e os navios.

Infelizmente, o carvão libera grandes quantidades de óxidos para a atmosfera, porque ele contém altos teores de enxofre. Isso agrava o problema do aquecimento global e das chuvas ácidas.

Mina de carvão

  • Problemas dos combustíveis fósseis:

Como vimos, os combustíveis fósseis se mostraram muito úteis na geração de energia para o desenvolvimento de nossa sociedade. Porém, as suas utilizações em larga escala possuem alguns pontos negativos. Veja alguns:

- Poluição: Visto que todos os combustíveis fósseis são originados da decomposição de matéria orgânica, todos eles possuem em sua constituição quantidades variáveis de substâncias que contêm enxofre.

Conforme já mencionado, isso gera grande poluição para o meio ambiente, como a chuva ácida. A queima desses combustíveis e de seus derivados, principalmente do diesel e da gasolina, libera ainda outros gases poluentes que aumentam o efeito estufa e, consequentemente, pioram o problema do aquecimento global.

- Impactos ao meio ambiente: O gás natural é o que emite menos poluentes, porém, o seu transporte e estocagem exigem gasodutos imensos, que podem causar impactos ao meio ambiente.

Os gasodutos podem trazer impactos sobre o meio ambiente

- Fontes não renováveis: Outro ponto ruim desses combustíveis é que eles não são renováveis, portanto, suas reservas se esgotarão em algum momento, mudando drasticamente a sociedade que conhecemos. É por isso que é tão urgente a busca de novas fontes de energia, que sejam renováveis e que não agridam o meio ambiente.

Artigos Relacionados