Alunos Online


Fenóis

Os fenóis podem ser classificados de acordo com o número de hidroxilas que o composto possui.

Por: Líria Alves Fenol

Fenol

Os fenóis são compostos orgânicos que possuem o grupo hidroxila - OH ligado de forma direta ao carbono do núcleo benzênico.

Os fenóis podem ser classificados de acordo com o número de hidroxilas em três diferentes tipos:

- monofenóis: compostos que possuem apenas uma hidroxila na molécula;
- difenóis: apresentam duas hidroxilas na estrutura molecular;
- trifenóis: esses já contam com três hidroxilas na molécula.

Propriedades físicas dos fenóis: Encontram-se na forma sólida e são incolores. A solubilidade dos fenóis em soluções alcalinas é muito grande, já na água é menor e em alguns casos chega a ser insolúvel.

Na natureza os fenóis são retirados do alcatrão da hulha, esse composto é usado para fabricar resinas, explosivos e corantes, entre outras aplicações. A propriedade anti-séptica de fenóis é explicada pela ação bactericida, aliás, essa é uma importante característica dos fenóis que causou uma revolução no ano de 1870. O fenol foi usado como anti-séptico naquele ano e permitiu salvar muitos pacientes com infecção pós-operatória, com isso se tornou o primeiro anti-séptico a entrar no mercado.

A partir da descoberta anti-séptica dos fenóis, a utilização para esse fim foi se disseminando e atualmente é usado como bactericida, compostos fenólicos como o espadol, criolina, e lisol são desinfetantes devido ao mecanismo que possuem de coagularem proteínas de microorganismos.

Características químicas: em relação à acidez de fenóis, podemos afirmar que são mais ácidos que os álcoois. Essa característica é em razão do caráter da hidroxila presente nos fenóis, essa molécula em meio aquoso se desintegra e dá origem à ionização que deixa a solução com acidez elevada.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)