Alunos Online


Nomenclatura usual de éteres

A nomenclatura usual de éteres envolve duas regras básicas, nas quais sempre damos ênfase nos radicais presentes.

Além da nomenclatura oficial IUPAC dada aos éteres, esses compostos orgânicos apresentam também uma regra de nomenclatura usual. Vale ressaltar que a função orgânica éter é aquela que apresenta um átomo de carbono ligado a dois radicais orgânicos iguais ou diferentes. A fórmula geral de um éter é a seguinte:

Em um éter, podemos ter radicais iguais ou diferentes
Em um éter, podemos ter radicais iguais ou diferentes

*R é um radical orgânico.

Para realizar a nomenclatura usual de um éter, devemos utilizar uma das regras abaixo:

Regra 1:

Nome dos radicais em ordem alfabética + éter
(separados por hífen)

Regra 2:

Éter + nome dos radicais em ordem alfabética (ao último radical deve ser acrescido o termo ico)
(separados por hífen)

Veja agora cinco exemplos de aplicação de ambas as regras de nomenclatura usual para éteres:

1º) Metoxietano (nome oficial)

Nesse exemplo, temos os radicais metil (à esquerda) e o etil (à direita).

  • Utilizando a regra 1, o nome dele será: Etil-metiléter;

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Utilizando a regra 2, o nome dele será: Éter etil-metílico.

2º) Metoxibutano (nome oficial)

Nesse exemplo, temos os radicais metil (à esquerda) e o butil (à direita).

  • Utilizando a regra 1, o nome dele será: Butil-metiléter;

  • Utilizando a regra 2, o nome dele será: Éter butil-metílico.

3º) Propoxipentano (nome oficial)

Nessee exemplo, temos os radicais propil (à esquerda) e o pentil (à direita).

  • Utilizando a regra 1, o nome dele será: Butil-propiléter;

  • Utilizando a regra 2, o nome dele será: Éter butil-propílico.

4º) Isopropoxisobutano (nome oficial)

Nesse exemplo, temos os radicais isobutil (à esquerda) e o isopropil (à direita).

  • Utilizando a regra 1, o nome dele será: Isobutil-isopropiléter;

  • Utilizando a regra 2, o nome dele será: Éter Isobutil-isopropílico.

5º) Vinoxi-2-metil-propano (nome oficial)

Nesse exemplo, temos os radicais terc-butil (à esquerda) e o vinil (à direita).

  • Utilizando a regra 1, o nome dele será: Terc-butil-viniléter;

  • Utilizando a regra 2, o nome dele será: Éter Terc-butil-vinílico.

O etoxietan é conhecido usualmente  como dietiléter ou éter dietílico

O etoxietan é conhecido usualmente como dietiléter ou éter dietílico

Por: Diogo Lopes Dias