Alunos Online


Óleo diesel

O óleo diesel é um combustível derivado do petróleo que é usado principalmente em caminhões e ônibus.

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça O óleo diesel costuma ter a cor amarelada

O óleo diesel costuma ter a cor amarelada

O óleo diesel é uma das frações derivadas do refinamento do petróleo e, portanto, é um combustível fóssil. Como tal, é uma fonte limitada, finita e não renovável. Ele é constituído por hidrocarbonetos de 15 a 18 átomos de carbono e também possui impurezas de enxofre, nitrogênio e oxigênio. Além disso, é um líquido amarelado viscoso, com toxidade média, límpido, pouco volátil e com cheiro forte e marcante.

A principal aplicação do óleo diesel é como combustível de motores de combustão interna e ignição por compressão (motores de ciclo diesel) em automóveis pesados, tais como caminhões, ônibus, tratores, furgões, locomotivas, automóveis de passeio, máquinas de grande porte e embarcações.

Abastecimento com óleo diesel em caminhão
Abastecimento com óleo diesel em caminhão

A combustão do óleo diesel libera para o meio ambiente gases poluidores e causadores do efeito estufa. Além disso, as suas impurezas, como o enxofre, formam óxidos de enxofre que são lançados na atmosfera e reagem com a água, formando a chamada chuva ácida.

A fim de diminuir esses impactos ambientais causados pela utilização do óleo diesel como combustível, no ano de 2004, o governo brasileiro instituiu o Programa de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB), que tornou obrigatória a adição de 2% de biodiesel, o chamado B2, ao diesel de petróleo a partir de 2008. Esse percentual aumentou para 5% (B5), e há metas para aumentá-lo gradativamente até atingir 20%.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Segundo a resolução ANP Nº 50, de 23/12/2013, a classificação do óleo diesel pode ser feita em A e B. O tipo A é aquele produzido nas refinarias, nas centrais de matérias-primas petroquímicas e nos formuladores, sendo destinado a veículos dotados de motores do ciclo diesel, de uso rodoviário, que não possuem a adição de biodiesel. Já o óleo diesel B possui biodiesel adicionado no teor estabelecido pela legislação vigente. Essa adição de biodiesel pode alterar a cor do óleo de petróleo para tons amarronzados ou alaranjados.

Além disso, o óleo diesel passou a ser produzido com um baixo teor de enxofre. O que possui um teor de enxofre máximo de 10 mg/kg (10 partículas por milhão – ppm) é chamado de S10. Ele possibilita uma redução de até 80% das emissões de material particulado e de até 98% de óxidos de nitrogênio.

Já o óleo diesel que possui teor de enxofre máximo igual a 500 mg/kg é denominado S500 e a ele é adicionado um corante vermelho. Desde janeiro de 2014, somente esses dois tipos de óleo diesel (S10 e S500) podem ser comercializados, sendo proibida a venda do diesel S50 e S1800 no Brasil.

Artigos Relacionados