Alunos Online


Reações com óxidos anfóteros

As reações com óxidos anfóteros são processos químicos em que esses compostos reagem com ácidos ou bases, formando sal e água.

As reações com óxidos anfóteros são tipos específicos de reações de neutralização, nas quais um sal inorgânico e água são obtidos a partir das seguintes possibilidades de interações nos reagentes:

  • Óxido anfótero reagindo com um ácido (HX) inorgânico;

  • Óxido anfótero reagindo com uma base (WOH) inorgânica.

Reações de óxidos anfóteros com ácidos inorgânicos

Quando um óxido anfótero reage com um ácido inorgânico, ele atuará como uma base inorgânica. Dessa forma, essa é uma reação de neutralização, uma vez que há a formação de sal e água.

YO + HX → YX + H2O

O sal (YX), formado na reação do óxido anfótero com ácidos, terá a seguinte composição:

  • Cátion (Y+), que acompanha o oxigênio na fórmula do óxido;

  • Ânion (X-), que acompanha o hidrogênio na fórmula do ácido.

1º Exemplo: Reação do óxido de alumínio (Al2O3) com o ácido oxálico (H2C2O4).

Al2O3 + H2C2O4

Nessa reação, o sal oxalato de alumínio [Al2(C2O4)3] será formado por:

  • Cátion alumínio (Al+3), que acompanha o oxigênio na fórmula do óxido;

  • Ânion oxalato (C2O4-2), que acompanha o hidrogênio na fórmula do ácido.

Assim, a equação balanceada que representa a reação é:

1 Al2O3 + 3 H2C2O4 → 1 Al2(C2O4)3 + 3 H2O

2º Exemplo: Reação do óxido de crômio III (Cr2O3) com o ácido sulfuroso (H2SO3).

Cr2O3 + H2C2O4

Nessa reação, o sal oxalato de crômio III [Cr2(SO3)3] será formado por:

  • Cátion crômio III (Cr+3), que acompanha o oxigênio na fórmula do óxido;

  • Ânion sulfito (SO3-2), que acompanha o hidrogênio na fórmula do ácido.

Assim, a equação balanceada que representa a reação é:

1 Cr2O3 + 3 H2SO3 → 1 Cr2(SO3)3 + 3 H2O

Reações de óxidos anfóteros com bases inorgânicas

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quando um óxido anfótero reage com uma base inorgânica, ele atuará como um ácido inorgânico. Portanto, essa é uma reação de neutralização, pois ocorre a formação de sal e água.

O sal formado na reação entre um óxido anfótero e uma base terá a seguinte composição:

  • Cátion (W+), que acompanha o grupo OH na fórmula da base;

  • Ânion composto (YO-), formado pelo metal presente no óxido. A tabela abaixo apresenta quais são os ânions formados a partir dos metais que participam da composição dos óxidos:


Ânions compostos formados por dois ou mais elementos a partir de metais do óxido

1º Exemplo: Reação do óxido de berílio (BeO) com o hidróxido de cálcio [Ca(OH)2].

BeO + Ca(OH)2

Nessa reação, o sal berilato de cálcio [CaBeO2] será formado por:

  • Cátion cálcio (Ca+2), que acompanha a hidroxila na fórmula da base;

  • Ânion berilato (BeO2-2), formado a partir do metal berílio.

Assim, a equação balanceada que representa a reação é:

1 BeO + 1 Ca(OH)2 → 1 CaBeO2 + 1 H2O

2º Exemplo: Reação do óxido de chumbo II (PbO) com o hidróxido de platina IV [Pt(OH)4].

PbO + Pt(OH)4

Nessa reação, o sal plumbito de platina IV [Pt2(PbO2)4] será formado por:

  • Cátion platina IV (Pt+4), que acompanha a hidroxila na fórmula da base;

  • Ânion plumbito (PbO2-2), formado a partir do metal chumbo II (de carga +2) do óxido.

Portanto, a equação balanceada que representa a reação é:

4 PbO + 2 Pt(OH)4 → 1 Pt2(PbO2)4 + 4 H2O

A água é sempre obtida em reações com óxidos anfóteros

A água é sempre obtida em reações com óxidos anfóteros

Por: Diogo Lopes Dias