Alunos Online


Reações orgânicas de salificação

Reações orgânicas de salificação são fenômenos químicos de síntese de sais orgânicos a partir de um ácido carboxílico e uma base inorgânica.

Por: Diogo Lopes Dias Água é um produto de toda reação de salificação

Água é um produto de toda reação de salificação

Reações orgânicas de salificação são processos químicos em que uma base inorgânica interage com um ácido carboxílico (composto oxigenado que apresenta o grupo carboxila ligado a um radical R ou a um hidrogênio), resultando em um sal de ácido carboxílico e água.

Estrutura de um ácido carboxílico
                                                                                                                       Estrutura de um ácido carboxílico

A base inorgânica é uma substância que apresenta um metal ou o cátion amônio (NH4+) ligado a um ou mais grupos hidroxilas (OH). A quantidade de grupos hidroxilas dependerá da carga do metal que o acompanha. No caso do amônio, será sempre um grupo OH.

Representações de uma base inorgânica
Representações de uma base inorgânica

O sal de ácido carboxílico e a água são os produtos formados na reação orgânica de salificação. Para que isso ocorra, inicialmente há uma quebra da ligação sigma entre o hidrogênio e o oxigênio da hidroxila no ácido, como também o rompimento da ligação entre o metal e a hidroxila na base.

Rompimento das ligações na reação de salificação
Rompimento das ligações na reação de salificação

O resultado da quebra dessas ligações é a formação de dois cátions e dois ânions:

  • Cátion hidrônio (H+), originado do ácido;

  • Cátion metálico (Me+) ou amônio (NH4+), originado da base;

  • Ânion hidróxido (OH-), formado a partir da base;

  • Ânion formado a partir do ácido.

Exemplo geral de um ânion formado a partir do ácido carboxílico
Exemplo geral de um ânion formado a partir do ácido carboxílico

Logo após o rompimento dessas ligações, uma nova ligação sigma é formada entre o hidrogênio liberado no ácido e a hidroxila liberada na base, formando uma molécula de água.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Representação da formação da molécula de água
Representação da formação da molécula de água

O sal de ácido carboxílico é formado pela ligação iônica entre o oxigênio do ácido (que perdeu o hidrogênio) e o metal ou cátion amônio da base.

Representação da formação do sal de ácido carboxílico
Representação da formação do sal de ácido carboxílico

Exemplo: Reação orgânica de salificação entre o hidróxido de magnésio e o ácido propanoico

Representação dos reagentes da reação
Representação dos reagentes da reação

Ao entrarem em contato, os reagentes têm algumas ligações rompidas, como a ligação sigma entre o hidrogênio e o oxigênio da hidroxila no ácido, e a ligação iônica entre o magnésio e a hidroxila na base.

Quebra das ligações nos reagentes da reação
Quebra das ligações nos reagentes da reação

Com essa quebra de ligações, haverá no meio dois cátions, um hidrônio (H+) e o magnésio (Mg+2), e dois ânions, o hidróxido (OH-) e o propanoato.

Interação entre os íons formados na quebra e formação de novos produtos
Interação entre os íons formados na quebra e formação de novos produtos

Por fim, o cátion hidrônio, resultante da quebra no ácido, interage com o hidróxido liberado na base, formando uma molécula de água. Já o cátion magnésio, liberado pela base, ao interagir com propanoato restante do ácido, formará o sal, denominado propanoato de magnésio.

Como a carga do cátion magnésio é +2 e a do ânion resultante do ácido é sempre -1, devemos realizar o balanceamento da equação para igualar as quantidades de reagentes e produtos:

Equação balanceada da salificação
Equação balanceada da salificação





Videoaula relacionada: