Alunos Online


Segunda Lei da Radioatividade ou Segunda Lei de Soddy

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça A Segunda Lei da Radioatividade explica a alteração que ocorre no núcleo atômico instável que emite uma partícula beta

A Segunda Lei da Radioatividade explica a alteração que ocorre no núcleo atômico instável que emite uma partícula beta

A Segunda Lei da Radioatividade ou Segunda Lei de Soddy é ainda conhecida por Lei de Fajans e Russel. Essa lei pode ser enunciada da seguinte forma:

Segunda Lei da Radioatividade ou Segunda Lei de Soddy

Por exemplo, o isótopo 14 do elemento carbono emite uma partícula beta, transformando-se no  nitrogênio-14:

146C 0-1β+ 147N

Observe que o número de massa não sofreu nenhuma alteração, permanceu sendo 14, mas o número atômico aumentou uma unidade, foi de 6 para 7.

Isso se dá porque a emissão de uma partícula beta (0-1β) ocorre quando um nêutron no núcleo do átomo se decompõe, dando origem a três novas partículas: um próton, um antineutrino e um elétrons.

10n        0-1e  +   11p   +   00ρ
nêutron                  elétron               próton       antineutrino

Observe o que acontece com cada uma dessas partículas, explicando o fenômeno citado:

  • Antineutrino: É emitido, porém, visto que essa partícula possui carga zero e massa aproximadamente igual a zero, não significará grandes alterações;
  • Elétron: É emitido do núcleo. Porém, o número de massa e o número atômico não envolvem os elétrons, pois eles possuem massa desprezível em relação aos prótons e aos nêutrons. Assim, essas grandezas não sofrerão alteração por perder um elétron, isso irá afetar somente a carga do átomo.
  • Próton: Permanecerá no núcleo. Ele substitui o nêutron que se decompôs, por isso, o número de massa (prótons + nêutrons) permanceu inalterado. O número atômico ( que é o número de prótons), porém, aumenta uma unidade.

Podemos de forma resumida dizer então que a radiação beta é na verdade um elétron emitido pelo núcleo com alta velocidade e com alta energia.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Um aspecto interessante é que sempre o elemento produzido na emissão de uma partícula beta estará à direita do elemento original na Tabela Periódica. Veja o caso do carbono e do nitrogênio citados anteriomente:

Exemplo de localização na tabela periódica de elementos que emitem radiação beta