Alunos Online


Estudar longe de casa

Por: Camila Mitye Escolha sua nova moradia!

Escolha sua nova moradia!

Sair de casa é um sonho para uns estudantes e pesadelo para outros. Deixar a comodidade do lar, os carinhos dos pais e a ausência de responsabilidades domésticas para encarar uma vida nova pode não ser fácil. Mas, por outro lado, fazer o curso dos seus sonhos em uma boa universidade pública pode valer esse sacrifício.

Esse é o preço que muitos jovens pagam quando deixam a casa dos pais e vão estudar em outras cidades. É comum atualmente, devido à enorme concorrência nos vestibulares, os estudantes tentarem vagas em várias universidades de estados diferentes. Em outros casos, o curso sonhado pelo estudante só é oferecido em outra cidade. Essa é a hora da decisão: Vou ou fico?

Todo estudante deve pensar nisso em época de vestibular. Cada universidade (pública ou particular) é diferente, tem sua estrutura, corpo docente e sua história. Portanto, na hora de escolher um curso de graduação pense também nas instituições que o oferecem. Vale a pena mudar de cidade para fazê-lo? Barato não é. Por isso, seus pais devem estar de acordo com a sua escolha, pois terão novos gastos pela frente.

Mesmo que você seja aprovado naquela universidade pública, se ela fica no outro estado seus pais terão de custear moradia, alimentação e transporte para sua nova vida. Além disso, cada detalhe contará a seu favor ou seu prejuízo, como: economizar na conta do telefone, lavar as louças após as refeições e ter responsabilidade com os seus horários passam a ser coisas com as quais você terá de se preocupar.

Dependendo da situação financeira de seus pais e do quanto estão dispostos a gastar, existem alguns tipos de moradia para estudantes de outras cidades:

República: Geralmente é uma casa ou apartamento grande, com muitos quartos, todos divididos entre muitos estudantes de vários cursos, períodos, idades e até sexos diferentes (há repúblicas só de meninos ou só de meninas também). Elas funcionam com base na democracia (por isso o nome): todos têm direitos e deveres iguais. Cada república tem regras específicas (estabelecidas pelos próprios moradores), sobre o tempo de uso do chuveiro ou do telefone, por exemplo. Quem não respeita essa “política” é despachado sem dó.

Casa do Estudante ou Alojamento: São pequenos apartamentos ou quartos divididos também por estudantes de diferentes cursos e cidades oferecidos pela universidade. A grande maioria das universidades federais do Brasil tem Casas do Estudante à disposição para estudantes vindos de outras cidades e estados e que não têm condição financeira para lugar uma casa ou mesmo dividir uma república. Cada universidade tem regras de seleção de estudantes para as Casas, e, na maioria das vezes, pedem comprovantes da impossibilidade financeira.

Apartamento ou Casa alugada: Para quem tem mais condição financeira, uma boa opção é convidar um amigo da mesma cidade ou algum colega mais próximo e dividir o aluguel de uma casa ou apartamento. Se preferir e puder, pode optar por morar sozinho também. É claro que, nessas condições, as despesas são maiores. Mas se o estudante souber economizar água, energia, telefone e etc., poderá levar sua vida “solitária” tranquilamente, sem dores de cabeça para os pais.

Já escolheu qual sua moradia preferida? Então, se optar por fazer faculdade em outra cidade, tenha em mente que a moradia escolhida deve condizer com seu perfil. Por exemplo, se você for um cara caseiro e que não gosta de bagunça, uma república não será uma boa pra você. Já se você for daqueles que não conseguem ficar sozinhos e não se importam muito com privacidade, então pode dividir um quarto ou apartamento com um amigo numa boa.

O importante é conversar com seus pais e pensar que essa é uma escolha relevante para sua vida, que pode custar caro se você voltar atrás.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)